Cidades
Publicada em 13/01/2021 - 00h39min

André Diniz
legislativo

Comissões começam a ser definidas na Câmara de Mogi

Assistência Social, Cidadania e Direitos Humanos têm boa procura; seis já se candidataram para as cinco vagas

Faltando menos de três semanas para o início do ano legislativo na Câmara de Vereadores de Mogi das Cruzes, seguem as negociações entre os 23 membros da Casa de Leis para a definição das nove comissões internas permanentes que decidirão o andamento das pautas e propostas a serem votadas no plenário da Câmara.
Segundo declarações do presidente da Câmara Municipal de Mogi das Cruzes, vereador Otto Rezende (PSD), uma das comissões que possui maior procura pela nova legislatura é a comissão de Assistência Social, Cidadania e Direitos Humanos. Até o momento, seis vereadores já se colocaram à disposição para participar, sendo que ela possui cinco vagas, uma para a presidência e as outras quatro para composição dos trabalhos.
O presidente da Casa reiterou que os nomes que ocuparão as comissões não foram definidos, mas que as conversas com os outros 22 integrantes do Legislativo estão sendo feitas de maneira a contar com uma composição produtiva e eficiente, levando em consideração as potencialidades e conhecimentos de cada parlamentar. "Estamos recebendo todos os vereadores para averiguar suas aptidões, para que ninguém fique fora de seu elemento", afirmou.
Sobre as comissões de Justiça e Redação e de Finanças e Orçamento, que são consideradas por muitos como as principais no Poder Legislativo por serem as de maior importância por definirem o ordenamento financeiro e a constitucionalidade dos atos públicos, o presidente da Câmara reforçou que seu comando necessitará de vereadores que não apenas tenham experiência com o andamento e os trâmites, mas também com as leis vigentes. "As comissões de Justiça e Redação e de Finanças e Orçamento são trabalhosas, e pedem conhecimento. São dez vagas que ainda estamos analisando, para a Câmara e para a população é fundamental que estas duas partes funcionem bem, e estamos trabalhando para que isso ocorra", explicou o presidente da Câmara Municipal.
No total, a Câmara de Vereadores de Mogi das Cruzes conta com nove comissões permanentes: Justiça e Redação; Finanças e Orçamento; Obras, Habitação, Meio Ambiente, Urbanismo e Semae; Transporte e Segurança Pública; Educação; Cultura, Esporte e Turismo; Indústria, Comércio, Cultura, e Direito do Consumidor; Zoonoses e Bem-Estar Animal e Assistência Social, Cidadania e Direitos Humanos. Cada comissão conta com um presidente e quatro integrantes, que são responsáveis por analisar os projetos enviados tanto pelo Poder Executivo quanto de autoria dos parlamentares dentro de suas áreas de atuação.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Mais vistos