Opinião
Publicada em 17/10/2020 - 22h08min

Tribuna

Plano Participativo de Suzano
Durante a semana passada, a Saúde e o Desenvolvimento Econômico de Suzano foram as principais pautas do ciclo de discussões do plano participativo da coligação "Suzano Não Pode Parar" (PL, PDT, PTB, PSC, PSB, PSDB, Podemos e Republicanos). Entre os principais projetos traçados pela campanha à reeleição do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) ao Executivo está a implantação de quatro equipamentos inéditos para a Saúde, a criação de um Mercadão Municipal e o fomento à Economia Criativa.
Na saúde
O encontro, que ocorreu na terça-feira, contou com a participação do secretário interino de Saúde Mauro Vaz e do médico Luís Cláudio Rocha Guillaumon, tratou da discussão sobre saúde pública, também sob a ótica do bem-estar e da qualidade de vida da população. As novidades ficaram por conta de projetos inéditos, como o Pronto Atendimento (PA) Boa Vista 24 horas, a ser implantado na Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. André Cano Garcia, conforme obras de adequação do prédio que já começaram.
Doação de sangue
A Campanha de doação de sangue promovida pelo Rotary Club de Arujá Sul, na quinta-feira passada, atraiu cem doadores à sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que abriu as portas para apoiar a ação. Cada uma das bolsas de sangue coletadas poderá beneficiar até quatro pessoas que dependem de transfusão em tratamentos ou cirurgias.
Baixo estoque
Durante o período de pandemia, os bancos de sangue têm registrado queda em seus estoques, em função do baixo número de doadores. A iniciativa, segundo o Rotary, teve o objetivo de otimizar a acessibilidade aos interessados em colaborar.
Impostos de Arujá
A Prefeitura de Arujá prorrogou o prazo para que empresários fiquem em dia com os pagamentos dos tributos municipais. Por meio do decreto nº 7.341/20, ficou definido que a data limite para a quitação dos impostos é 15 de dezembro de 2020, sem cobrança de multas ou juros.
Compartilhe

Mais vistos