Esportes
Publicada em 17/10/2020 - 22h09min

Estadão Conteúdo
Brasileirão

Após fim de jejum de vitórias, Corinthians encara Flamengo

Jogo de hoje na Neo Química Arena abre a série de pedreiras que os corintianos terão pela frente no torneio

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Fagner, um dos líderes da equipe, acredita que a fase ruim ficou no passado
O Corinthians terá só pedreira pela frente nestas três últimas rodadas do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O jogo que abre a série, hoje, às 16 horas, é contra o Flamengo na Neo Química Arena - na sequência enfrentará o Vasco, em São Januário e o Internacional, atual vice-líder.
Um dos líderes do atual elenco corintiano, o lateral-direito Fagner sabe das dificuldades que o time encontrará, mas acredita que a fase ruim ficou para trás, após a vitória sobre o Athletico-PR, que interrompeu a série de cinco jogos sem vencer.
"Sabemos que a fase ruim não dura para sempre e nem a boa. Precisamos ter tranquilidade. A gente evita de falar para resolver dentro de campo. Temos que crescer na tabela e ir crescendo no momento certo", comentou o jogador.
O lateral também foi questionado sobre quem deve começar entre como titular no gol alvinegro. Cássio vinha sendo questionado pelos torcedores e ficou fora da última partida por suspensão. Walter entrou e foi o principal destaque do jogo.
"Sabemos da qualidade do Walter, do Cássio, mas temos que respeitar a história. Para mim, Cássio é um dos maiores ídolos da história do clube. Se tem que jogar, é o treinador quem decide. Mas tem que respeitar um pouco mais. As críticas nele estão sendo pesadas."
Mancini não revelou quem será o titular. Além disso, o técnico não contará com o atacante Jô por problema muscular. Também não terá Bruno Méndez, suspenso por ter sido expulso na última rodada. Boselli e Marllon entram, respectivamente. Otero e Cantillo voltam a ficar à disposição, depois de retornar de suas seleções. Herói do último jogo, Everaldo pode começar como titular.
Flamengo
O Flamengo seria o líder isolado do Brasileirão se tivesse vencido o Red Bull Bragantino. Desgastado, deixou a chance escapar na quinta-feira. Com Pedro e Bruno Henrique no ataque hoje, a missão é ganhar do Corinthians, e assumir a liderança.
Como entra em campo antes de Internacional e Atlético-MG, que também somam os mesmos 31 pontos, o Flamengo terminará o jogo na ponta da tabela em caso de resultado positivo. E jogará pressão na concorrência.
Descansado, o time vai para cima do Corinthians para, enfim, tentar se isolar no topo. São 18 gols nos últimos oito jogos, média acima de dois, o que anima os torcedores.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Mais vistos