Esportes
Publicada em 15/10/2020 - 23h34min

Palmeiras

Modelo de jogo virá antes do treinador

O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, pretende definir um modelo de jogo antes de contratar um novo treinador

Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, diz que técnico tem que ter DNA do time
O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, pretende definir um modelo de jogo antes de contratar um novo treinador. O dirigente deixou claro não ter pressa para definir o substituto de Vanderlei Luxemburgo e acredita que o momento é de "erro zero", por isso, o novo técnico será definido com cautela e dentro de uma linha de raciocínio.
"Vamos continuar em busca do profissional que possa implementar esse jogo que tem o DNA palmeirense. Tínhamos um momento específico, passamos por uma grande etapa e agora vamos em busca agora do profissional que pode implantar esse estilo de jogo", explicou ontem Galiotte, em entrevista coletiva.
Mas o que seria o tal "DNA palmeirense"? Na visão do presidente, a ordem é ter um time que consiga apresentar um futebol mais vistoso e ofensivo. "O modelo, sabemos o que queremos. Futebol moderno, transição rápida e modelo de jogo que o palmeirense tenha orgulho de ver em campo. Time atacante, as características históricas dos times da academia".
O dirigente afirmou ainda que, por enquanto, não tem um treinador como prioridade, por isso, até mesmo um técnico empregado pode ser procurado. "O Palmeiras busca um conceito. Vamos trabalhar sempre mirando o conceito. Nomes e perfis, vamos pensar a partir de hoje (ontem) à tarde", explicou.
Dentre os diversos nomes especulados no mercado, Miguel Ángel Ramírez e Gabriel Heinze estão entre os mais fortes. Galiotte despistou e preferiu não descartar nenhuma opção, inclusive estrangeiros. "A prioridade não é a nacionalidade. Vamos trabalhar em cima do modelo ideal e do conceito de jogo que acreditamos que deve ser implementado. Se será brasileiro ou estrangeiro, não é isso que vai definir. O que vai definir é o conceito de jogo".
Enquanto aguarda pela definição do conceito de jogo e, consequentemente, da contratação de um novo treinador, o Palmeiras volta a campo neste domingo, para enfrentar o Fortaleza, no Castelão, com o auxiliar-técnico Andrey Lopes como treinador interino. (E.C.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Mais vistos