Cidades
Publicada em 15/09/2020 - 00h03min

Luiz Kurpel*
Eleições 2020

Pré-candidata do Patriota acusa partido de abandono

A pré-candidata à Prefeita de Mogi das Cruzes, Andreia Diniz (Patriota), revelou ontem ao Mogi News que a diretoria de seu partido tentou persuadi-la a desistir da candidatura à chefe do Executivo e concorrer para uma vaga na Câmara de Vereadores. De acordo com Andreia, a sugestão veio acompanhada de ameaças de retaliação no caso de insistência na continuidade da campanha.
"Ficaram por mais de três horas tentando me convencer a desistir da campanha, inclusive, usando ameaças e intimidações", declarou a patriota. Segundo a pré-candidata, as ameaças foram feitas durante uma reunião do diretório municipal do partido, realizada na sexta-feira, com a participação do presidente de honra do Patriota, Marcelo Oliveira.
Andreia informou que no encontro não ficou claro os motivos do abandono de sua campanha pelo partido e nenhum outro nome foi sugerido em seu lugar. "Eu não desistirei da campanha e caso venha a ter a candidatura cancelada, me desligarei do partido e assim também procederão outros 12 pré-candidatos a vereador, em solidariedade", disse.
Amanhã, data limite para apresentação das candidaturas, o partido realizará uma convenção para decidir a situação da legenda. Andreia também apresentou insatisfação com a escolha da data. "O diretório esperou até o último momento para me dizer que não dava mais para continuar com a minha campanha, agora eu não posso mais mudar de partido", completou.
A pré-candidata a vereadora, Fátima Oliveira, também participou da reunião na sexta-feira e confirmou a versão de Andreia. "A impressão que fica é que o diretório quis descartar a Andreia e de uma hora para outra, ela passou de candidata perfeita para alguém não tão necessário assim para o partido. Se eles continuarem querendo derrubar a candidatura dela eu também cancelarei a minha", protestou.
O presidente do Diretório Municipal do Patriota, Silvério Nobre, rebateu as afirmações de Andreia. "Na reunião ocorrida na sexta-feira, nós discutimos o cenário político para analisarmos qual seria o melhor caminho mas é na convenção do partido, que ocorrerá amanhã, que o colegiado decidirá sobre as candidaturas", disse.
A reportagem também tentou entrar em contato com o presidente de honra do partido, Marcelo Oliveira, mas não obteve respostas até o fechamento desta edição.
Compartilhe

Mais vistos