Opinião
Publicada em 12/08/2020 - 02h19min

Raul Rodrigues

Este mar de sonhos!

É bom se dar conta: algumas vezes nossos atos podem ser mantidos sob controle! Jamais seremos capazes de comandar a rebeldia de nossos sonhos. De todos jogos sonhados, o do amor é o único capaz de transtornar a alma, e mesmo sabendo disso, ao mesmo tempo, o único no qual todo jogador se abandona necessariamente ao delírio do próprio corpo, descartando prudente equilíbrio!
O verdadeiro porto onde realmente se nasce é aquele em que se lança pela primeira vez um olhar inteligente sobre o mar interior de nós mesmos! Meus primeiros ancoradouros foram os livros, depois de familiares e amigos mais próximos. Em menor escala: escolas e professores. Para não deixar a peteca cair e incorrer no maior erro: o de tentar colher de cada pessoa, com a qual se interage, virtudes que ela não possui. E de se esquecer de cultivar as que de fato, ela as pratica. Sem querer temperar a verdade com o condimento da mentira para torná-la mais digerível! Como se nada reaproximasse tanto os seres humanos como o fato de sentir medo juntos!
A vida alheia sempre nos parece mais fácil porque não é vivida por nós. Ainda mais quando cabe ao outro ver a nossa presença, nossos gestos, a maneira pela qual as palavras se formam em nossos lábios, agora só compete a nós mesmos, ver o mar de nossa própria vida. Ah! Corpo, companheiro náufrago, como padecemos juntos! Além do mais, é à custa de teus braços que consigo nadar Universo adentro!
No conjunto, é somente por orgulho, por ignorância grosseira, por covardia, que nos recusamos a ver, no presente, delineamentos das épocas que virão. Dessa via se vale a história para só se interessar pelos privilegiados, pelos que adquiriram algum destaque, em meio à maré dos que não têm rosto. Se bem que todo triunfo só se assenta bem aos mortos, excluídos que estão da possibilidade de errar. Aos vivos resta sempre alguém para censurar-lhes as fraquezas. E haja fraqueza com espaço para insinuar que não existe ninguém tão tolo, que não seja só um pouquinho sábio!
Compartilhe

Mais vistos