Esportes
Publicada em 29/07/2020 - 02h04min

Estadão Conteúdo
franco favorito

São Paulo vai ao ataque para duelo com Mirassol

Partida no Morumbi, às 19 horas, abre a fase de quartas de final do Campeonato Paulista

Foto: Divulgação

Após suspensão, Daniel Alves volta ao meio-campo
Descansado e dono do melhor ataque do Campeonato Paulista, o São Paulo abre hoje as quartas de final do Campeonato Paulista, às 19 horas, diante do Mirassol, com o objetivo de confirmar o favoritismo mais destacado desta fase da competição, seguindo firme na briga por uma taça que não conquista desde 2005.
Líder do Grupo C com 21 pontos, quatro a mais do que o seu adversário, o São Paulo optou por poupar os titulares no fim de semana, com exceção do goleiro Tiago Volpi, mas ainda assim ajudou o rival Corinthians a se classificar ao derrotar o Guarani por 3 a 1. E ganhou fôlego e opções para iniciar o mata-mata do Paulistão.
Peças importantes do meio-campo, Daniel Alves e Tchê Tchê estão novamente à disposição do técnico Fernando Diniz após cumprirem suspensão automática no fim de semana. Eles são jogadores de confiança do treinador, seja para realizarem a saída de jogo ou mesmo na criação ofensiva. E vão atuar livres do risco de nova ausência por acúmulo de cartões, assim como Bruno Alves, Reinaldo e Vitor Bueno, que estavam "pendurados".
Diniz confia no potencial ofensivo do São Paulo, dono do melhor ataque do Paulistão, com 19 gols marcados em 12 jogos. E tenta consolidar Pablo como substituto de Antony, que se transferiu ao Ajax, no trio de ataque completado por Vitor Bueno e Alexandre Pato. "O grupo aqui tem vontade de escrever o nome na história do São Paulo e acabar com esse jejum de títulos", disse o meia Igor Gomes, um dos responsáveis por acionar os companheiros.
Pablo, aliás, foi bem na sua primeira chance, tendo marcado dois gols na última quinta-feira, na derrota por 3 a 2 para o Red Bull Bragantino, um resultado que expôs problemas defensivos do time e causou preocupação para o confronto de hoje, ainda mais que a definição do classificado se dará em jogo único - empate leva o duelo aos pênaltis.
Melhorar esse rendimento é fundamental para Diniz tentar encerrar o jejum de conquistas do São Paulo, assim como ter peças para mexer no time no momento de retomada das competições, com dois jogos por semana. E o triunfo de domingo lhe deu algumas, com as boas atuações no ataque e os gols marcados por Paulinho Boia, Everton e Helinho.
Nenhum deles, porém, será titular, com Diniz repetindo a formação que enfrentou o Bragantino, mas eles podem ser acionados do banco de reservas, assim como Gonzalo Carneiro, livre de suspensão por doping e que foi inscrito na última segunda-feira no Paulistão. "Todo mundo está preparado, o jogo do Guarani mostra que a gente tem um elenco inteiro que pode sair jogando. É se agarrar nessas coisa", disse o zagueiro Bruno Alves.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Mais vistos