Brasil e mundo
Publicada em 31/07/2020 - 01h20min

Botucatu

Quadrilha ataca bancos e faz reféns no interior de SP

Uma quadrilha armada com fuzis e composta por mais de 30 criminosos explodiu agências bancárias, atacou policiais, fez reféns e levou terror à cidade de Botucatu, no interior de São Paulo, na madrugada de ontem. Um suspeito acabou morto e dois policiais ficaram feridos durante a ocorrência. A Polícia Civil agora apura a relação do grupo com o crime organizado e com facções como o Primeiro Comando da Capital (PCC).
A ação começou às 23h30 da quarta-feira e se estendeu até as 3 horas da madrugada de ontem na cidade de 146 mil habitantes. O alvo principal do bando era o Serviço Regional de Tesouraria (Seret) do Banco do Brasil, cujo cofre foi explodido para a retirada do dinheiro. A quantia levada não foi revelada. A polícia acredita que o bando dispunha de informações privilegiadas sobre a circulação de valores no local. Os Serets do interior têm se tornado alvo dos criminosos por concentrar grandes quantias de cidades vizinhas.
O ataque repetiu assaltos similares ao contar com um grande número de criminosos espalhados pela cidade, explosões simultâneas e ataque aos policiais que atendem aos chamados. (E.C.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Mais vistos