Cidades
Publicada em 22/05/2020 - 00h37min

Thamires Marcelino*
Atendimento psicológico

Cecco acompanha 40 pacientes regulares

Em apenas uma semana de implantação, o serviço gratuito de atendimento psicológico do Centro de Convivência e Cooperativa (Cecco) já tem 40 pacientes fixos que serão acompanhados semanalmente.
No segundo dia de funcionamento, a equipe havia recebido 35 chamados, considerando que diversas pessoas estão em busca de auxílios psicológicos que melhorem os sintomas de ansiedade ou depressão causadas pelo período de quarentena.
De acordo com Patrícia Regina Vieira Rocha, gerente do Cecco, ao todo existem 80 pacientes, sendo 40 casos considerados "Familiares", serviço que inclui orientações e esclarecimentos. "Destes 80 atendidos, 40 são chamados de "Familiares", que nos procuram para tirar dúvidas quanto ao comportamento de algum familiar sobre o tratamento que já fazem ou da necessidade em buscar atendimento", explicou.
A proposta do programa de acolhimento é atender a população acima de 16 anos que esteja apresentando mudanças de comportamento durante o período de quarentena, como sinais de angústia, ansiedade ou depressão. As orientações psicológicas são direcionadas aos pacientes para que eles consigam lidar melhor com este momento de pandemia.
O serviço já era oferecido aos profissionais de saúde e foi ampliado após as psicólogas observarem que muitos deles apresentavam um aumento significativo dos sintomas de ansiedade, tristeza e angústia. Agora, contudo, o serviço é oferecido para toda a população mogiana.
O atendimento será feito a distância de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Para solicitar o serviço, basta entrar em contato por meio do telefone (11) 99532-2081.
*Texto supervisionado pelo editor
Compartilhe

Video

Mais vistos