Brasil e mundo
Publicada em 24/03/2020 - 00h43min

Estadão Conteúdo
coronavírus

David Uip testa positivo e governador faz exame

Chefe do Centro de Contingenciamento de SP apresentou tosse e febre durante a madrugada

Foto: Governo do Estado de São Paulo

Infectologista David Uip tem 67 anos e foi examinado no Hospital Sírio Libanês
O infectologista David Uip, chefe do Centro de Contingenciamento de São Paulo, está com covid-19, informou ontem o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). "O resultado deu positivo. Ele está isolado, passa bem e permanecerá em sua residência", escreveu Doria no Twitter. Ele disse que também se submeteu ao teste e prometeu divulgar o resultado quando o tiver.
Uip apresentou tosse e febre na madrugada de ontem e fez o teste para o coronavírus pela manhã. O infectologista, de 67 anos, foi examinado no Hospital Sírio Libanês, onde coordena o Departamento de Infectologia.
No Palácio dos Bandeirantes, a notícia deixou o primeiro escalão do governo em alerta, uma vez que o médico vem participando de mais de uma reunião diária com o secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann, e com o governador. O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi outra autoridade que teve contato com Uip nos últimos dias. Ele também informou que fará o teste e permanecerá isolado até o resultado. Desde o ano passado, Covas vem passando por um tratamento de quimioterapia, para enfrentar um câncer.
Doria vai permanecer isolado na ala residencial do Palácio dos Bandeirantes, despachando por WhatsApp e e-mail, até que saia o resultado do exame que fez para saber se foi infectado pelo coronavírus. Segundo auxiliares, a previsão é de que o resultado saia hoje.
Uip foi um dos mais próximos interlocutores de Doria desde o início da pandemia. Os dois estiveram lado a lado em entrevistas coletivas em locais fechados e participaram de outros eventos juntos nos últimos dias. Aliados de Doria estão apreensivos com o resultado. Se o exame der positivo, o Palácio dos Bandeirantes terá de fazer uma operação de isolamento do governador e testagem de todos que estiveram com ele.
Segundo o Ministério da Saúde, o período de incubação, que é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem desde a infecção pelo coronavírus, pode ser de dois a 14 dias. Durante o período de incubação, casos assintomáticos não são contagiosos.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos