Editorial
Publicada em 04/02/2020 - 00h18min

Dirceu Sousa

Altos e baixos

Uma das características do mundo esportivo é fazer da vida de seus personagens o movimento constante de altos e baixos em velocidade superior às demais atividades. O maior exemplo disso é o jogador Neymar, que tem a inabilidade de misturar a vida pessoal com sua performance dentro de campo. Num dia, ele está na mídia pela profusão de jogadas e gols realizadas em jogo e, no outro, cai na boca do povo pelas presepadas feitas em festas particulares ou em flertes malsucedidos. Neymar, porém, é um caso à parte. Personagem de formação midiática, está sujeito às intempéries do meio.
Pelas bandas do Alto Tietê, mais precisamente em Mogi das Cruzes, o tenista João Souza, o Feijão, vive o lado escuro da carreira. Depois de ter figurado, em 2015, como o jogador número um no ranking brasileiro e na 69ª posição na lista da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), ele foi banido do esporte, no mês passado, após ser punido por corrupção pela Unidade de Integridade do Tênis (TIU, na sigla em inglês). As denúncias dão conta de que o jogador omitiu fraudes em partidas, destruiu provas que o comprometiam e tentou convencer colegas de profissão a facilitar resultados em competições internacionais. Feijão nega as acusações e promete recorrer ao Tribunal Arbitral do Esporte, na Suíça, mas, aos 31 anos, e com a lentidão típica dos processos judiciais, sua carreira está praticamente encerrada.
Já no outro extremo da gangorra, Nilo Guimarães vive o seu melhor momento, e não é de hoje. Depois de ter encerrado uma bem sucedida carreira como jogador de basquete, ele enveredou pela administração esportiva. Está no cargo de secretário de Esporte e Lazer de Mogi das Cruzes, solidamente, há 12 anos. Fez também do Mogi Basquete, como gestor, uma das potências nacionais e chegou, mais recentemente, ao posto de presidente interino da Liga Nacional de Basquete, principal entidade da modalidade no país.
Coincidentemente, tanto Feijão quanto Nilo Guimarães foram personagens de entrevistas especiais publicadas pelo Mogi News recentemente. O momento atual de cada um é a maior prova da oscilação no mundo esportivo.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos