Artigos
Publicada em 15/02/2020 - 21h53min

Mauro Jordão

Autoestima

A palavra "estima" significa sentimento de carinho ou de apreço em relação a alguém que achamos merecer nossa afeição ao se comentar: "Sua meiguice e bondade despertaram a estima de todos". É um sentimento de admiração e respeito que vem de uma pessoa por outra, mas condenável é encher-se a si mesmo de vanglórias em forma de excessiva exaltação, tornando-se "amante de si mesmo".
Deus, na medida certa, deu a cada um de nós a estima, isto é, o amor necessário por si mesmo e que deve ser compartilhado, em igualdade de sentimento, com nosso semelhante, ou seja, pôr em prática aquilo que Jesus recomendou: "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo". Esse amor é suficiente, nem mais nem menos, é possível e é necessário para cumprir essa ordenança divina. Deus não está mandando você amar mais a si mesmo do que o próximo nem o próximo mais do que a si mesmo.
Saindo do padrão divino que é a "estima", a psicologia humanista ensina que devemos nos amar mais do que a medida estabelecida por Deus, e chamou isso de "autoestima". Toda sabedoria humana, contrária à Sua vontade, Deus chama de loucura, assim como para o homem natural a sabedoria de Deus é loucura. Infelizmente, este "outro evangelho", a autoestima, está sendo pregado nos púlpitos de grande parte das igrejas cristãs do mundo substituindo, assim, a verdade do Evangelho de Cristo. Em mais de cem publicações de universidades e de pesquisadores independentes, nos Estados Unidos, concluiu-se que a tentativa de elevar a estima para autoestima foi grande perda de tempo, a não ser para desenvolver o egoísmo mais do que já existe.
Jesus disse que se alguém quiser seguí-Lo antes de tudo deve negar-se a si mesmo e não exaltar-se. A cosmovisão humanista ensina a importância de uma pessoa ter uma visão positiva sobre si mesma. A Bíblia, por outro lado, não tem nada de bom para falar sobre o ego. A igreja, há cem anos, tem aprovado o que o mundo prega em vez de pregar ao mundo a verdade das Escrituras.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos