Esportes
Publicada em 08/02/2020 - 20h53min

74 x 69

Mogi perde em casa em jogo contra o Flamengo

Time liderou boa parte do confronto, mas ao final acabou permitindo a virada dos cariocas

Foto: Antonio Penedo/Mogi Basquete

Cercado: Time carioca buscou impedir as jogadas de ataque da equipe de Mogi
O Mogi das Cruzes fez ontem um duelo muito equilibrado com o líder Flamengo, no Ginásio Hugo Ramos, pelo Novo Basquete Brasil (NBB). Os mogianos lideraram praticamente toda a partida, mas no final o time carioca fechou o jogo em 74 a 69. Agora o grupo viaja para Belo Horizonte (MG) para encarar o Minas às 20 horas desta terça-feira, com transmissão ao vivo da ESPN. Com a derrota nesta tarde, o time cai para a quarta posição, atrás de São Paulo (3º) e Franca (4º).
Com um primeiro quarto equilibrado, o Mogi das Cruzes Basquete saiu à frente no placar (24 a 22) e manteve a vantagem também no segundo (21 a 20). Depois do intervalo, a partida continuou muito disputada e o terceiro período terminou empatado em 14 a 14. No último, o Flamengo conseguiu uma vantagem no final e fechou o quarto por 18 a 10, selando a vitória.
"As duas equipes estavam muito empenhadas em ganhar o jogo. Um confronto taticamente muito difícil e a nossa maior dificuldade foi a falta de rotação, de manter o nível de jogadores mais descansados para as horas decisivas da partida", advertiu o técnico Guerrinha.
Os destaques foram o ala Danilo Fuzaro, cestinha da partida com 22 pontos e quatro assistências, o armador Fúlvio Chiantia, com 21 pontos e cinco assistências, e o ala-pivô Fabricio Russo, com nove pontos e quatro rebotes. Pela equipe carioca, o ala Marquinhos, com 21 pontos. "Foi um jogo decidido nos detalhes. O placar está ai 74 a 69. Nós vamos continuar crescendo e evoluindo. A nossa equipe é jovem e estamos cada vez melhorando mais", ressaltou Danilo Fuzaro.
Show do intervalo
No intervalo do jogo teve a apresentação do time Basquete Special Mogi, um projeto da Prefeitura de Mogi, idealizado pelo ex-jogador, Guilherme Filipin e pelo professor Johnny, que atende pessoas especiais, com idade mínima de 15 anos no Centro do Paradesporto.
Janela
Após o jogo contra o Minas, na terça, o NBB terá uma janela para os jogos da seleção brasileira. O time só voltará a jogar na competição, em casa, no dia 3 de março, contra o Paulistano, às 20 horas.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos