Cidades
Publicada em 15/02/2020 - 21h51min

Felipe Antonelli
Na Alesp

Gambale assume a liderança do PSL

Foto: Divulgação

Gambale discorda que o PSL tenha sofrido um racha
Com promessa de intensificar a união do partido em São Paulo, o deputado estadual Rodrigo Gambale (PSL) assumiu nesta semana a liderança da sigla na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), criticou as notícias falsas de que haveria um racha entre os deputados do partido e confirmou que o racha nacional não é a realidade da Casa de Leis Estadual.
O deputado com base eleitoral no Alto Tietê assumiu a função antes comandada pelo parlamentar Gil Diniz (PSL), com alinhamento a Eduardo Bolsonaro (PSL) no Estado.
"Uma grande responsabilidade liderar a maior bancada do Estado, temos um projeto conciliador entre bancada e deputados", afirmou o parlamentar Gambale, reforçando ainda que, prova do alinhamento da bancada é a foto entre todos os parlamentares, logo após a reunião que culminou em sua nomeação.
As notícias de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estaria perdendo forças na Alesp foram criticadas por novo representante da sigla. De acordo com o deputado Gambale, tais notícias são mais procuradas pela Imprensa para reter a atenção do público. "Todos nós temos um alinhamento com o governo federal e estadual. Esse distanciamento da sigla atrapalharia o governo", disse. Ainda segundo o deputado, a divisão da sigla percebida na Câmara de Deputados não é vista na Alesp, fato positivo para o andamento de pautas importantes.
Até o momento o partido não fechou questão em nenhuma pauta na Alesp, sendo que a única votação unânime da sigla se deu no primeiro dia de mandato, quando a deputada Janaina Paschoal (PSL) teve seu nome colocado em votação para assumir a presidência da Casa. Fechar questão é o termo usado quando a bancada chega a um consenso, contra ou a favor, sobre qualquer votação no plenário.
Votação
A votação que colocou o deputado Gambale à frente do partido na Alesp foi realizada na última terça-feira e decidida com um voto de diferença. Foram 8 votos a 7 a favor do deputado que representa a região, incluindo o da deputada Janaina Paschoal. A ala mais alinhada com o presidente Jair Bolsonaro, representada por Castello Branco, saiu derrotada. (F.A.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos