Cidades
Publicada em 13/01/2020 - 22h47min

Felipe Antonelli
Taboão

Multinacional Mahindra define Mogi como sede da nova filial

Decisão da instalação de uma fábrica na cidade será oficializada em fevereiro, diz diretor de Operações do grupo

Foto: Mariana Acioli

Distrito Industrial do Taboão possui três áreas que estão sob análise da Mahindra
Havia a expectativa de que o anúncio da fábrica de tratores e automóveis do grupo indiano Mahindra acontecesse ainda neste mês, mas, de acordo com o diretor-geral de Operações do Grupo Mahindra no Brasil, Jak Torretta Junior, a decisão deverá ser tomada e divulgada oficialmente no final de fevereiro, após determinação do alto comando da multinacional.
Segundo Torreta Junior, há uma recomendação explícita da filial brasileira para que a nova fábrica do grupo seja em Mogi das Cruzes, devido a uma série de fatores, principalmente logísticos, que agradaram o grupo e fizeram com que a cidade fosse a primeira opção para uma nova filial no Estado.
"Nossa recomendação para a nossa matriz na Índia é de que a fábrica seja instalada em Mogi. As decisões estratégicas e de investimentos deverão ser anunciadas somente no final de fevereiro", disse o diretor-geral de Operações, Torreta Junior, afirmando ainda que a decisão deve ser tomada pelo alto comando da empresa, localizada na Índia.
A multinacional, que hoje atinge aproximadamente
US$ 4,5 bilhões em vendas, está presente em setores diversos, além do automotivo, como o da tecnologia da informação, infraestrutura, comércio e de equipamentos agrícolas.
Em setembro do ano passado, Torreta Junior informou que havia uma tendência para a escolha de Mogi como sede da nova fábrica, principalmente na questão da logística de distribuição e recebimento de materiais, pela proximidade com o porto de Santos, com o aeroporto de Guarulhos e o Rodoanel, que oferece acesso a grandes rodovias do Estado, por exemplo. "Sem falar na mão qualificada que com certeza será aproveitada", ressaltou na oportunidade.
Desde que começaram a analisar possíveis áreas em Mogi para instalação da unidade, alguns terrenos chamaram atenção dos técnicos da marca, sendo que apenas no Distrito Industrial do Taboão três locais despertaram interesse. "Estivemos analisando alguns terrenos que seriam bons para a instalação e no Tabão enxergamos três possíveis locais", disse Torretta Junior em setembro passado.
Produtos
Sobre os produtos, outra indefinição. Isso por que há a possibilidade da fabricação dos produtos agrícolas na cidade, e não apenas os automobilísticos, como acontece em alguns países.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos