Cidades
Publicada em 03/12/2019 - 18h24min

Felipe Antonelli
Causas sociais

Jogo beneficente reúne mais de 100 pessoas no Mogilar

Objetivo é arrecadar doações e impulsionar projetos sociais; grupo de amigos se reúne desde o ano de 2017

Foto: Divulgação

Grupo No Caminho do Bem Desporto, este ano, vai ajudar quatro instituições
Cerca de 120 pessoas estiveram na manhã de anteontem no campo do Mizuta Vel Society Club, na Vila Mogilar para a 3ª edição do evento No Caminho do Bem Desporto. Com o intuito de arrecadar doações e de impulsionar projetos sociais, o grupo, organizado por Marcelo Augusto Paiva, se reúne desde 2017 e nesta edição acolheu quatro causas: o Lar Batista, já ajudada pelo grupo nas outras edições, o Lar dos Velhinhos São Vicente de Paulo, em Guararema e os projetos Super Pedrico e Menino Vonei.
Paiva afirmou que mais valioso que as arrecadações financeiras, neste ano, foi a participação de todos e o envolvimento ativo que se gera a partir do evento. "Tenho que destacar a mobilização que foi criada em torno das causas. Ainda não terminei de ver o quanto arrecadamos, mas assim que terminar já começamos a destinar aos projetos", destacou o organizador do evento, que no começo da manhã do evento deu um discurso sobre a importância da criação de uma "corrente do bem".
O time Soh Risada FS foi o grande vencedor do festival de futebol que aconteceu durante o evento, batendo o NCDB por 5 a 1 na grande final. O evento ainda contou com o Futebol de Palhaços, que, por meio da interação com as crianças, conseguiu animar os presentes.
"O saldo é muito positivo. Tivemos a certeza que ali estávamos plantando uma semente do bem, que ainda vai ajudar muita gente", completou o organizador Paiva.
A grande novidade para este ano foi o amistoso de futebol feminino que ocorreu antes da final do masculino. A organização do evento promete que a inclusão feminina, principalmente por meio do esporte, será ainda maior no próximo ano, com espaço e tempo semelhante ao masculino. "Pretendo diminuir, aos poucos, essa diferença que existe entre homens e mulheres no esporte. Vai ser algo pequeno que vamos estar fazendo, mas já muito valioso", disse Paiva, prometendo mais participação das mulheres nas quadras.
Para incentivar ainda mais as ações beneficentes, a organização do No Caminho do Bem Desporto já planeja a 1ª edição do Festival de Verão, com várias modalidades esportivas que fazem referência às praias brasileiras, como o futvôlei e o vôlei de praia. Além disso, Paiva afirma que o evento será voltado a saúde física dos participantes, com palestras de profissionais da área e treinamento esportivo. O evento está sendo planejado para ocorrer em março de 2020.

Jogador leva garoto para conhecer ginásio

Um dos padrinhos do projeto No Caminho do Bem Desporto, que utiliza o esporte como ferramenta transformadora, é o pivô do Mogi Basquete, João Pedro, que esteve presente na última edição, ocorrida no último domingo, e se disse muito satisfeito com o resultado final da ação.
O atleta segue se recuperando de uma lesão que o afasta das quadras neste momento. (Leia mais nesta página).
Ele contou que se sente feliz em ter a oportunidade de participar do projeto, que realizou no último domingo o jogo beneficente que coroou o ano de arrecadações do grupo. "Realmente mostra que o esporte muda e salva vidas, e ver a felicidade dos meninos com toda a situação foi impagável. Espero muito poder participar (da próxima edição), pois na minha primeira vez superou todas as expectativas possíveis", contou o pivô.
Um dos beneficiados com a ação social é o pequeno Vônei Fernandes que foi convidado pelo pivô João Pedro a conhecer o ginásio municipal Hugo Ramos, durante um treino do Mogi Basquete. "Levei o Vônei pra dar uma olhada no ginásio e foi a primeira vez dele entrando no Hugão. Ele já ficou animado pra participar das seletivas ano que vem para a equipe do sub 19. Foi bem visível a empolgação dele é isso foi muito legal de ver também", disse o pivô.
Questionado pela reportagem se ele acredita que possam existir novos projetos que impulsionem ações sociais em Mogi das Cruzes, o atleta disse esperar que o No Caminho do Bem Desporto seja um ponto de partida para que outras causas surjam. "Mas o principal é fazer com que a pessoa torne um cidadão do bem através do esporte", concluiu. (F.A)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos