Esportes
Publicada em 30/10/2019 - 00h27min

Jejum de seis jogos

Corinthians muda para voltar a vencer

O Corinthians visita o CSA hoje, às 21h30, no Estádio Rei Pelé, pelo Campeonato Brasileiro, para tentar voltar a vencer após seis partidas - quatro empates e duas derrotas. É a pior sequência da equipe sob o comando do técnico Fábio Carille.
A sequência ruim fez o Corinthians deixar o G4 do Brasileirão. Agora, até uma vaga no G6 está ameaçada. O time está na sexta colocação, com 45 pontos, apenas um a mais do que o Grêmio.
Para o jogo de hoje, o Corinthians terá mudanças ao menos na defesa e no ataque. Na zaga, Fagner retorna ao time após cumprir suspensão no clássico contra o Santos. Na frente, Gustavo assume a posição porque Vagner Love ficou em São Paulo para tratar dores na coxa direita e Mauro Boselli está suspenso.
Gustavo, aliás, falou sobre a disputa do Corinthians pelas primeiras colocações. "Vamos buscar essa vaga na Libertadores. O Brasileiro é muito difícil, é preciso sempre somar pontos, perder o menos possível. Temos de estar concentrados em todos os jogos para buscar a vitória, pontuar e colar no G4", disse.
O centroavante também admitiu atuação ruim do time nas últimas partidas, mas disse que a pressão não está maior por causa do jejum de vitórias. "A pressão que levamos é de todos os jogos. Sabemos que não estamos fazendo grandes partidas, mas a equipe não está deixando de se dedicar, de correr e buscar o resultado", analisou Gustavo.
Derrotado por 1 a 0 pelo primeiro colocado Flamengo, no último domingo, o CSA deixou o Maracanã satisfeito com o futebol apresentado e ganhou motivação para encarar o Corinthians em Maceió. A missão do time alagoano é de encerrar um jejum de quatro jogos sem vitória, para reagir na briga contra o rebaixamento. Em 18º lugar, com 26 pontos, tem quatro a menos do que o Fluminense, primeiro time fora da zona da degola, e se apega no que pode para seguir acreditando na permanência na elite.
"O Estado de Alagoas deve ter muito orgulho de ter um clube na Série A representando e positivamente. Acho que o torcedor azulino está muito orgulhoso dos jogadores. Eu estou muito orgulhoso. É importante o torcedor pegar a sua bandeira, a sua camisa do Azulão, dar o voto de confiança aos jogadores", afirmou o treinador Argel Fucks em tom de convocação para a torcida. (E.C.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos