Artigos
Publicada em 05/09/2019 - 22h37min

Felício Kamiyama

Sinais

Uma ligação, uma voz embargada e a notícia que nunca queremos receber. O que levou tal pessoa a tomar tão grave e irreversível decisão? Uma pessoa aparentemente alegre, forte e decidida optar por um ato que marcará, para sempre, a vida de seus entes queridos. Junto ao conjunto da cena, um bilhete que, escrito a mão, traz, por vezes de maneira confusa, os motivos de tão triste ação.
Com ou sem destinatários, inicia-se a narrativa atribuindo sua decisão a uma circunstância ou culpando pessoas ou, ainda, com o pedido de desculpas pela sua fraqueza e por não ter forças de enfrentar suas dificuldades e as dores profundas em sua alma, situações essas que, em boa parte das vezes, são desconhecidas pelas pessoas mais próximas.
Sinais não observados e potencializados pela dinâmica alucinante da nossa sociedade, onde, por vezes, exaustos de um longo dia de trabalho, aqueles com quem poderia contar não se faziam disponíveis para conversar e, em especial, ouvir.
Por outro lado, necessitando de uma ajuda diante de tamanho conflito interno, não querendo preocupar os que amam, se mantém silente.
Nesse universo obtuso e de mente esfumaçada, não vê saída para sua situação e, imaginando que fechando seus olhos e se deligando do mundo irá interromper seu sofrimento, pratica um ato abominável perante Deus e o homem.
Segundo especialistas, o suicídio é algo complexo, com múltiplas faces e de várias determinações, podendo afetar pessoas de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero. É um fenômeno que pode ser prevenido, desde que detectados os sinais que alertam para tal.
Diminuição de auto cuidado, como asseio e apresentação pessoal, isolamento, mudança de humor, automutilação e uso exagerado de drogas lícitas e ilícitas, muito embora não sejam determinantes para a definição do propósito, indicam a forte tendência e, diante disso, uma palavra, um ouvir e um agir podem fazer toda a diferença para, juntamente com profissionais da área de saúde mental, trazer o tão desejado alento e a compreensão efetiva do problema.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos