Artigos
Publicada em 07/09/2019 - 19h03min

Mauro Jordão

Uma nuvem negra

A loira, habilitada a ser manobrista de carro em estacionamento, ouviu de quem desejava sair com o veículo: "O Celta preto." Ela, toda empolgada, respondeu: "É verdade! O céu tá preto, acho que vai chover!" Piada de loira já está meio "démodé", mas cabe aqui para lembrar que há duas semanas, numa segunda-feira, uma nuvem negra, no meio da tarde, escureceu o céu como se fosse noite. "O que está acontecendo?" A interrogação foi de todos.
Paulo Saldiba, professor de Medicina da USP, explica: "Houve interligação entre dois ecossistemas: do amazônico com o urbano do Sudeste. O rio de vapor de água que sai da Amazônia para chegar até aqui é difícil, mas ajuda na formação de chuvas. Entrou uma frente fria do oceano, com intensidade tal, que fez com que a camada de inversão se estabelecesse muito baixa e as nuvens ficassem baixas. As partículas das queimadas de tamanho maior fizeram a água de vapor ficar escura. A instabilidade atmosférica fez com que a luz fosse tapada por nuvens baixas pintadas de preto. Foi o powerpoint mais elucidativo que a natureza podia nos dar".
Quanto à saúde? "As evidências mostram que a fuligem não é boa para a saúde. Estudos feitos nas regiões influenciadas por queima de biomassa (carvão vegetal, madeira e bagaço de cana) fornecem 14% da energia consumida no mundo. Em 662 diferentes cidades foram realizados estudos de episódios de forma sistemática que incluem queima de biomassa, um dos efeitos agudos resultou no aumento da mortalidade".
A Amazônia, chamada pulmão do mundo, é a nossa maior concentração florestal em comparação a outras nações, e se faz possível pelos rios que nascem do degelo dos Andes e o lençol subterrâneo. Ela absorve CO2 para manter árvores e fazer celulose. Um ciclo de carbono. Uma parte da queima da biomassa é fixada pela vegetação. Uma parte da água é transformada em vapor e jogada na atmosfera, o que contribui para a chuva e a umidade; a nuvem de vapor de água que reduz a poluição evita a formação da nuvem negra.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos