Opinião
Publicada em 10/09/2019 - 23h23min

Joel Leonel Zeferino

O líder político

As pesquisas, embora muitas delas no Brasil não sejam nada confiáveis, o que tem-se comprovado com números, tamanhas as discrepâncias apresentadas em vários resultados de pleitos, por exemplo - talvez, se fizermos uma pesquisa séria, vamos descobrir que um grande percentual de brasileiros, simplesmente, não confia em pesquisas - apontam que os partidos políticos, os políticos e as instituições do executivo e legislativo estão entre as menos confiáveis para a população brasileira.
Mesmo que desprezemos as pesquisas, se nela não confiamos nem para isto, sentimos que isto é verdade, no nosso dia a dia, em casa, na escola no trabalho, nas rodas de amigos, etc.: realmente, o brasileiro anda decepcionado com os políticos do país e isto não é de agora. Fico conjecturando então que, se temos aqui uma democracia - ainda que incipiente, jovem, contaminada e manipulável, mas que não deixa de ser democracia, ou seja, dentre os sistemas que vingaram, o menos pior - o que nos tem levado a alçar ao poder esses muitos homens tão mal vistos pelos eleitores? É um assunto complexo para tratar aqui em tão poucas linhas, mas, resumidamente, gostaria de enfatizar que o ponto central está no voto. Quando chegaremos lá, só Deus sabe, se é que vamos chegar, tamanhas as contaminações que temos no sistema e na mente dos eleitores.
Muitos brincam com o voto e sequer imaginam o mal que fazem a si próprios: deixam a escolha para a última hora, pedem a "colinha" para o parente ou amigo, decidem a partir do pedido de alguém, votam por tradição ou por palhaçada, talvez como protesto, mas raramente, temos votos profundamente conscientes.
O resultado só pode ser o que temos, desde nas câmaras municipais, passando por prefeituras, assembleias legislativas estaduais, governo do estado, câmara federal, senado e presidência da república: muita gente abaixo da mediocridade. Mas qual é o critério para definir um bom líder, afinal? Os pitagóricos na Grécia antiga resumiam: que sejam sábios, santos e filósofos!

Compartilhe

Video

Mais vistos