Cidades
Publicada em 10/09/2019 - 21h49min

Felipe Antonelli*
fatia do mercado

Motoristas avaliam ferramenta que dará mais força ao taxista

Agora, temor pela alta concorrência é também dos condutores do transporte por aplicativo, tipo Uber e 99

Com a futura chegada do aplicativo via celular que vai oferecer corridas de táxis em Mogi das Cruzes, que pode baratear as viagens da categoria em até 40%, a preocupação mudou de lado e agora é por parte dos motoristas de transporte por aplicativo. Isso porque, de acordo com o presidente da Associação de Motoristas por Aplicativo da Região Alto Tietê (Amarati), Maicon Silva, há a possibilidade de concorrência desleal por parte dos taxistas. Em entrevista à reportagem, ele disse ser favorável à nova ferramenta, mas que a categoria está atenta para evitar a concorrência desleal.
Na visão do representante dos motoristas por aplicativo, como a ferramenta irá tornar os taxistas mais competitivos no mercado e oferecerá a possibilidade de desconto para os clientes, pode haver um "movimento político" dos taxistas para baratear as corridas a ponto de boa parte do público migrar para o novo sistema. "Estamos atentos. Em São Paulo, a prefeitura e os taxistas queriam inviabilizar o transporte por aplicativo e, com a ajuda do sindicato dos taxista, criou-se a possibilidade de entrarem na concorrência dos transportes por aplicativo", destacou Silva.
Mesmo com essa preocupação, Maicon Silva, reconheceu os benefícios que o aplicativo pode oferecer aos taxistas e ao mercado. "Eu acredito que o aplicativo dos taxistas é uma adequação. Os táxis precisavam de uma atualização de modelo", ponderou.
Entretanto, Silva acredita que é necessário uma adequação também no atendimento e conforto dos clientes que solicitarem a corrida aos taxistas por aplicativo, visto que este setor do mercado já está saturado de profissionais, e não cabe "mais do mesmo". "É preciso se renovar, oferecer um bom atendimento e conforto".
Taxistas
A princípio, o Sindicato dos Taxistas, por meio de seu presidente, Sandro Monfort, havia falado que os descontos poderão chegar a 40% em cima do valor da corrida, cabendo apenas ao taxista avaliar se deve ofertar o desconto ao cliente. Segundo o representante dos taxistas, há a possibilidade de uma concorrência entre os próprios taxistas, já que os motoristas que trabalham como auxiliar (aqueles que trabalham para o dono de um ponto de táxi) não conseguiriam abaixar os preços como os taxistas individuais fariam. Em relação à concorrência com os aplicativos como Uber e 99, Monfort afirma que a intenção é justamente essa. "Caso a gente consiga resolver essa concorrência que pode ser criada entre os taxistas, pode ter certeza que colocaremos esses aplicativos "embaixo do braço", porque temos experiência, sabemos trabalhar, sabemos atender os clientes, temos carros novos, sem contar segurança, que não tem preço".
*Texto supervisionado pelo editor.
  • Monfort: Taxistas querem retomar clientes
  • Silva: Temor é por concorrência desleal
Compartilhe

Video

Mais vistos