Brasil e mundo
Publicada em 07/09/2019 - 19h04min

7 de Setembro

Brasileiros são convocados à comemorar

Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Silvio Santos acompanhou o presidente em Brasília
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) convocou ontem, feriado da Independência do Brasil, todos os brasileiros a comparecerem às comemorações. Bolsonaro foi ao desfile em Brasília em carro aberto nesta manhã. No evento, afirmou que a independência de nada vale se não houver "liberdade". "Independência de nada vale se não tivermos liberdade, essa por tantas e tanta vezes ameaçada por brasileiros que não têm outro propósito a não ser o poder pelo poder", disse, antes de deixar o Palácio do Alvorada, residência oficial, às 8h55.
Bolsonaro deixou o Alvorada em carro aberto, no Rolls Royce presidencial, com um de seus filhos, o vereador Carlos Bolsonaro, sentado no banco traseiro, e de Ivo Cesar González, um menino de 9 anos que foi convidado pelo presidente a acompanhar o percurso. Na chegada à Esplanada dos Ministérios, onde ocorre desfile, crianças o receberam com gritos de "mito".
Bolsonaro assistiu ao desfile acompanhado da primeira-dama Michelle Bolsonaro. No palanque, ao lado do presidente, estavam o dono da rede de televisão SBT, Silvio Santos, acompanhado de sua mulher, Iris, e dono da Record e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, o dono da Rede TV, Marcelo Carvalho, e o presidente o empresário Luciano Hang, dono da Havan.
Para marcar o 7 de Setembro, além de esquadrilha da Fumaça e desfile militar, ministros do governo gravaram o Hino Nacional. O Estadão apurou que a maioria dos 22 ministros aceitou cantar, como os generais Augusto Heleno (GSI), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e o almirante Bento Albuquerque (Minas e Energia) e ainda o ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública). (E.C.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos