Artigos
Publicada em 24/08/2019 - 17h34min

Mauro Jordão

Perdoar faz bem

A pólvora foi descoberta pelos chineses no Século I, durante a Dinastia Han, e os portugueses fizeram desse fato um provérbio que deprecia alguém que anuncia como novo algo que há muito é conhecido e sabido, então, dizem: "Descobriu a pólvora". Por volta de 1500 d.C. Galileu Galilei anunciou a redondeza da Terra, em oposição à Igreja que tinha a Terra como plana, porém, o profeta Isaias, cerca de dois mil anos antes já tinha escrito que Deus instalou o seu trono sobre a "redondeza da Terra" Isaias 40:22. O Livro de Jó, o mais antigo da Bíblia, antes mesmo da Ciência, relata: "...as densas nuvens se espalham... sobre a redondeza da Terra" - Jó 37:12.
A psicanalista paulistana Suzana Avezum afirma, de forma literal após pesquisa, que a incapacidade de perdoar quem nos ofende aumenta o risco de infarto. Diz ela que observou dois grupos com perfis similares em termos de idade, sexo, condição econômica e estilo de vida. Os indivíduos dos dois grupos passaram por situações semelhantes de amargura causada por alguém.
Do grupo que não perdoou, todos tinham infartado; no outro em que houve o perdão, não. A raiz de amargura, daqueles que não perdoam, gera sentimento de vingança que mantém o estresse crônico que não permite voltar ao estado basal saudável do organismo, após o estresse agudo. A psicanalista diz: "Em constante defesa, desnecessária, o corpo aumenta a quantidade dos hormônios, como o cortisol e a adrenalina, que em excesso fazem mal. O bombardeamento (pelo ódio) por longo prazo arruína o coração". O perdão aniquila o ódio e a vingança da nossa mente.
Não concordo com a psicanalista quando afirma que o perdão está desvinculado da religião. Não está. A pesquisa é louvável, no entanto, na Era Cristã Paulo já recomendava em sua Carta Aos Colossenses 3:13: "Suportai-vos uns aos outros (em amor), perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós".
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos