Brasil e mundo
Publicada em 10/08/2019 - 20h29min

Em família

Barrichello dá orientação a filhos aprendizes de piloto

Depois de famílias como Fittipaldi, Piquet e Senna estabelecerem dinastias no automobilismo, agora é a vez do clã Barrichello passar a ter novas gerações nas pistas. Aos 46 anos, Rubens Barrichello se divide hoje entre a etapa de Campo Grande da Stock Car e a comemoração do Dia dos Pais com os filhos Eduardo, de 17 anos, e Fernando, de 13, dois aprendizes de piloto.
Dudu e Fefo, como são carinhosamente chamados, recebem grande atenção do pai neste início de carreira. Rubinho se mudou anos atrás para os Estados Unidos e participa ativamente da carreira dos meninos. O experiente piloto, de 19 temporadas na Fórmula 1, se encarrega de negociar contratos, acompanhar corridas, orientar sobre decisões e torcer. Em algumas ocasiões, não se conteve e quis correr junto com os filhos. No fim de junho, por exemplo, Rubinho e Eduardo foram parceiros em uma prova, válida pela categoria Sprint Race, em Homestead, na Flórida. "Os meninos assistem corrida desde muito cedo, então é fácil falar que está no sangue. Meu intuito foi sempre o de colocá-los no rumo do esporte e não especificamente no meu rumo, o automobilismo. Os dois amam velocidade e são bons os danados", disse ao Estado o piloto da equipe Full Time Sports.
O filho mais velho de Barrichello, Eduardo, entrou neste ano na USF2000, categoria americana voltada a revelar pilotos para a Fórmula Indy. Recentemente, ele trocou de equipe após conseguir bons resultados. "Ele é bem desenvolvido também pela sua família. O Eduardo teve uma carreira de sucesso no kart. Acho que o crescimento dele será questão de tempo", afirmou o novo chefe de Dudu, David Martinez.
(E.C)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos