Opinião
Publicada em 08/07/2019 - 22h33min

Contracapa

ACMC na Revolução
Hoje marca os 87 anos da participação da Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) na Revolução Constitucionalista de 1932, movimento pela derrubada do governo Getúlio Vargas e a criação de uma nova constituição para o Brasil. A entidade mogiana serviu de base de apoio para os paulistas, dando importante destaque para a cidade no cenário nacional.
Reforma é o caminho
Quase 90 anos depois do movimento constitucionalista, a presidência da ACMC ressalta a importância da mobilização dos brasileiros para que o país retome o crescimento, a partir da aprovação de importantes reformas, dentre elas, a previdenciária. "Não há espaço mais para divergências e jogo de interesse político. O Brasil precisa voltar a crescer e isso só será possível com a união de esforços de todos para que as coisas aconteçam, para que as reformas saiam do papel e as expectativas se concretizem", disse o presidente da ACMC, Marco Zatsuga.
Protesto do IPTU
O "Movimento IPTU Justo Mogi das Cruzes" estará na Câmara Municipal, amanhã, às 19 horas. O grupo se reunirá com técnicos no assunto de cobranças, advogados, vereadores e representantes da sociedade civil que se sentiram prejudicados com o valor cobrado no imposto neste ano.
Protesto da Previdência
Diversos movimentos, como Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), Sindicato dos Papeleiros, Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Sindicato dos Bancários farão uma manifestação, amanhã, às 11 horas, no Largo do Rosário, contra a reforma da Previdência. O ato pretende angariar assinaturas dos moradores.
Compartilhe

Video

Mais vistos