Cidades
Publicada em 10/07/2019 - 22h20min

Nicolas Takada*
Balanço do feriado

Uma pessoa morre após choque entre veículos na rodovia SP-98

Acidente na Mogi-Bertioga ocorreu ontem de manhã, durante a volta do feriado de Revolução Constitucionalista

Foto: Felipe Claro

Embora tivesse recebido uma grande quantidade de veículo, DER não soube informar os números da SP-98
Durante o feriadão da Revolução Constitucionalista de 1932, celebrado anteontem, as rodovias que passam pelo Alto Tietê receberam grande quantidade de veículos e alguns acidentes foram registrados. Na Mogi-Bertioga (SP-98), um homem morreu ontem após colisão envolvendo um micro-ônibus e um veículo de passeio, no km 68 da via. Uma faixa do local permaneceu interditada até que a equipe de socorro chegasse ao local.
Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) o carro seguia no sentido litoral, invadiu a pista contrária e acabou se chocando contra um micro-ônibus que seguia em direção a Mogi das Cruzes. O motorista do carro morreu na hora.
Na rodovia Presidente Dutra (BR-116), no trecho do Alto Tietê, a rodovia teve seis tipos de acidentes, desde sexta-feira passada até ontem, porém não houve feridos. Já no corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto (SP-70) foram registrados 19 acidentes. Entre as ocorrências, duas pessoas tiveram ferimentos moderados e uma apenas ferimentos leves. Não houve o registro de mortes.
Veículos
Na SP-70, entre os pedágios de Itaquaquecetuba e Guararema, 347.795 veículos no sentido interior e 328.067 sentido São Paulo foram registrados. Durante toda a pista, foram 981 mil veículos que circularam durante o feriado da Revolução Constitucionalista.
Segundo a Ecopistas, concessionária que administra a via, com acompanhamento da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e apoio da Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo, foram prestados 665 atendimentos, sendo 297 socorros mecânicos, 42 atendimentos médicos e 326 guinchamentos.
A CCR Novadutra, até o fechamento desta edição, não havia informado quantos veículos haviam passado pela BR-116, porém, destacou que foram feitos cerca de 1.800 atendimentos de veículos, entre atendimentos de pane elétrica, pneu furado, falta de combustível, de aquecimento de motor e de bateria descarregada. O DER informou que a Mogi-Bertioga não integrou a Operação Inverno 2019, desta forma não houve expectativa de tráfego ou balanço do feriado.
*Texto supervisionado pelo editor.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos