Brasil e mundo
Publicada em 14/05/2019 - 00h11min

Sem troca

Moro diz que não estabeleceu condições para integrar governo

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou ontem que não estabeleceu nenhuma condição para fazer parte do governo de Jair Bolsonaro (PSL). O ministro afirmou que se sentia "honrado" por ter seu nome lembrado pelo presidente que afirmou no domingo, em entrevista à Rádio Bandeirantes, que espera "cumprir o compromisso" de indicar Moro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal.
Em Curitiba, onde participa do Congresso Nacional Sobre Macrocriminalidade e Combate à Corrupção, o ministro falou no painel "O crime organizado e a corrupção no Brasil" ao lado do desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, João Pedro Gebran Neto, relator da Operação Lava Jato na Corte.
"Ele (Bolsonaro) foi eleito, fez o convite, fui até a casa dele no Rio de Janeiro. Nós conversamos e, mais uma vez, publicamente, eu não estabeleci nenhuma condição. Não vou receber convite para ser ministro e estabelecer condições sobre circunstâncias do futuro que não se pode controlar", afirmou o ex-juiz da Lava Jato na palestra em Curitiba. (E.C.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos