Artigos
Publicada em 13/04/2019 - 22h08min

Mauro Jordão

Tempos estranhos (III)

O escritor russo Leon Tolstoi (1825-1910), autor de Guerra e Paz e Anna Karenina, assim se expressou: "Os homens distinguem-se entre si também neste caso: alguns primeiro pensam, depois falam e, em seguida, agem; outros, ao contrário, primeiro falam, depois agem e, por fim, pensam". Tarde demais.
Se não damos tempo para discernir antes de agir, pouco se pode fazer para corrigir. Quando a verdade é negada, permanece a terapia. Essa é a quarta característica do nosso mundo pós-moderno após a publicação das três anteriores: a desconstrução da verdade, a morte da metanarrativa e a morte do texto, e agora temos: o domínio da terapia:
A questão crucial muda de "O que é verdadeiro?" para "O que me faz sentir bem?" Essa tendência cultural do prazer, desenvolvida por décadas, nos alcançou em proporções épicas. R. Albert Mohler Jr, professor de teologia e presidente do Southern Baptist Theological Seminary (Estados Unidos), em seu livro Deus Não Está Em Silêncio, nos convoca para um estudo sério que nos leve a refletir sobre as consequências atuais e futuras de um mundo pós-moderno que crê que todas as questões de relacionamento social serão resolvidas colocando o ego do ser humano no centro da sua órbita mental.
Afinal de contas o que é autoestima senão o ego exaltado pregado no púlpito das igrejas, nas salas de aula das escolas e nos livros de autoajuda - é o segredo da felicidade. Ney Matogrosso canta: "Não existe pecado do lado de baixo do Equador...", e nem no lado de cima também, porque o pecado já foi excluído pelos teólogos pós-modernos nas suas mensagens de um evangelho sem culpa, estranho, recheado de autoestima; para eles, você procura o templo para ter momentos de prazer e de bênçãos e não para ouvir sermões desagradáveis sobre o inferno.
Templos cheios de pessoas vazias da Palavra de Deus em busca de cura e prosperidade que voltam para suas casas sem nada ter aprendido sobre a doutrina da salvação em Cristo. Evangelho sem Cristo é utopia e não vem de Deus.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos