Esportes
Publicada em 09/04/2019 - 23h41min

Copa América

Argentina e Colômbia serão sedes em 2020

A Conmebol divulgou ontem que a Copa América de 2020 será realizada em conjunto por Argentina e Colômbia em um novo formato com dois grupos de seis países. A Zona Sul será integrada por Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai, Bolívia e uma seleção convidada. A Zona Norte terá Colômbia, Brasil, Venezuela, Equador e Peru e outra equipe convidada.
A decisão sobre a mudança do torneio foi tomada em reunião do conselho da entidade realizada no Rio, onde Rogério Caboclo tomou posse ontem como novo presidente da CBF, na sede do órgão nacional. O formato inédito representa um desafio para dois países separados por 7 mil quilômetros de distância.
"O principal objetivo desta mudança é proporcionar mais facilidades para trazer aos fãs e, geograficamente, corresponde às seleções do público sul-americano", disse o paraguaio Alejandro Dominguez, presidente da Conmebol. "O fã pode desfrutar de pelo menos cinco jogos de sua seleção, o que reforça o show e a festa esportiva", completou.
Cada hexagonal classificará quatro equipes para a fase seguinte da competição, com jogos das quartas de final, semifinais e finais. Com o novo formato serão disputados 38 jogos, 12 a mais do que no modelo atual de disputa do torneio.
A Colômbia organizou a sua última Copa América em 2001 e a Argentina em 2011. No ano passado, ficou definido que a Copa América passaria a ser disputada em anos pares a partir de 2020. O torneio deverá ocorrer a cada quatro anos de forma que possa coincidir com a Eurocopa.
A Copa América de 2019 no Brasil terá 26 jogos em seis estádios de cinco capitais: Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. As partidas serão disputadas entre 14 de junho e 7 de julho. Catar e Japão, atuais campeão e vice-campeão da Ásia, respectivamente, participarão na condição de convidados. (E.C.)
Compartilhe

Video

Mais vistos