Esportes
Publicada em 06/04/2019 - 23h34min

Sueller Costa
Corinthians

Carille fecha treinos e tenta esfriar a cabeça

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

No sábado, treinador comandou atividades técnicas
O técnico Fábio Carille tem demonstrado pouca paciência nas últimas entrevistas coletivas. Tanto é que tem falado menos com os jornalistas do que na passagem anterior. O treinador reclamou recentemente de críticas consideradas injustas sobre o corintiano e também do vazamento de vídeos de seus treinos táticos.
O Corinthians sempre teve por hábito abrir as atividades para a Imprensa. Carille, no entanto, pede que, no momento que vai trabalhar o posicionamento de seus jogadores, ninguém faça imagens. "Passaram jogadas de bola parada. Isso me deixou muito chateado na relação da confiança".
Por isso, fechou o treino de sábado e o deste domingo. "Em todos os setores e profissões você encontra pessoas boas e más. Evitei vir aqui nas coletivas, porque é desnecessário falar quatro ou cinco vezes na semana, fica muita fofoca. Acredito que seja assim, fica repetitivo. Minha intenção não é querer ficar aparecendo demais, minha intenção é ir a campo para trabalhar."
A nova postura, segundo ele, nada tem a ver com uma mudança de comportamento. "Muita gente fala que sou arrogante. Em entrevista exclusiva falam para eu não mudar meu jeito de ser. Eu sou muito sincero."
A novidade no duelo de segunda-feira com o Santos, no Pacaembu, pelas semifinais do Paulista, será o retorno do zagueiro Manoel.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos