Cidades
Publicada em 13/04/2019 - 20h40min

Sueller Costa
Arujá

Chuvas exigem cuidados redobrados com a dengue

É preciso redobrar os cuidados para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue durante o período de chuvas, que favorece o surgimento de focos em razão do acúmulo de água parada nos mais diversos tipos de recipientes

Foto: Divulgação

Secretaria tem intensificado o trabalho preventivo
É preciso redobrar os cuidados para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue durante o período de chuvas, que favorece o surgimento de focos em razão do acúmulo de água parada nos mais diversos tipos de recipientes. A Secretaria de Saúde de Arujá recomenda medidas preventivas à população e reforça que, ao todo, são 20 os casos de dengue confirmados no município, além de dois importados.
Evitar o acúmulo de água em garrafas, baldes e tonéis. Lavar com frequência os vasos de animais domésticos; manter caixas-d'água corretamente fechadas; preencher com areia pratos de planta e manter nas piscinas a aplicação de produtos como o cloro, capazes de eliminar micro-organismos, são alguns dos cuidados a serem tomados nas residências.
A secretaria também tem intensificado o trabalho preventivo. Mensalmente são 150 telas de caixa-d'água instaladas e entregues a moradores, 10 mil vistorias a imóveis, 15 toneladas de pneus recolhidos em borracharias, terrenos e vias públicas, três toneladas de inservíveis retirados de quintais e outras áreas, dentre outras ações, como nebulizações em áreas consideradas de maior risco.
Disque-dengue
Arujá possui um canal direto de relacionamento. Trata-se do Disque-Dengue (0800 788 8882). Por este meio os moradores podem realizar denúncias de focos do mosquito e situações de risco.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos