Esportes
Publicada em 09/03/2019 - 00h13min

Estadão Conteúdo
paulistão

Palmeiras descansa titulares para priorizar a Libertadores

Com partida marcada para a terça contra o Melgar, no Allianz, Verdão escala reservas para enfrentar o Mirassol

O Palmeiras tem hoje uma escala no interior de São Paulo, às 16h30, antes de voltar a se dedicar à disputa da Copa Libertadores. Após voltar da Colômbia e antes de enfrentar um time peruano pelo torneio continental, a equipe encara o Mirassol, fora de casa, pelo Campeonato Paulista, preocupado em dar rodagem a mais jogadores e evitar o desgaste dos titulares.
O time venceu na quarta-feira o Junior Barranquilla, por 2 a 0, e na próxima terça-feira já terá novo compromisso pela Libertadores, recebendo o Melgar no Allianz Parque. A agenda internacional agitada fez o clube fretar um voo para viajar à Colômbia e deixou a equipe com somente um dia de treino para o compromisso contra o Mirassol.
Por isso, o técnico Luiz Felipe Scolari deve escalar uma formação bem diferente, com até dez alterações. O único jogador a ser utilizado novamente é o atacante Borja, por falta de opção de substituto. Deyverson ainda está suspenso no Paulista e o outro centroavante, Arthur Cabral, não está inscrito.
O time fechou a preparação para o jogo com treino fechado na Academia de Futebol. Provável titular, o meia Moisés defendeu as atuações da equipe e avaliou que há exagero nas críticas sobre o desempenho. "Sabemos que em alguns pontos podemos melhorar. Em Barranquilla, poderíamos controlar um pouco mais o jogo. Em alguns momentos, nos retraímos muito e deixamos o Junior pressionar", avaliou.
Após ter um mês de fevereiro mais tranquilo, com poucos jogos, o Palmeiras vai encarar uma maratona em março, com compromissos no meio e no fim da semana. O desafio é recuperar a regularidade do ano passado, temporada marcada pelo êxito no rodízio de titulares. Em 2018, a divisão das equipes garantiu o título do Campeonato Brasileiro e foi semifinalista na Copa do Brasil e na Libertadores.
"A gente entende o tamanho do nosso elenco, todos são jogadores de qualidade, tanto os que permaneceram quanto os que chegaram. Temos de ter ciência de que não tem como jogarmos todos de uma vez", disse Moisés.
Compartilhe

Video

Mais vistos