Cidades
Publicada em 14/03/2019 - 03h58min

Nicolas Takada*
Saúde pública

Casos de suicídio vêm sofrendo aumento

O suicídio de jovens cresce de modo lento, mas constante no Brasil. Dados apontam que o país registrou 11.433 mortes deste tipo em 2016. O número representa um crescimento de 2,3% em comparação ao ano passado, que teve 11.178 pessoas que tiraram a própria vida. O suicídio é a quarta causa de morte entre adolescentes e jovens entre 15 e 29 anos no país.
Ontem, foi a vez do Alto Tietê engordar essa estatística, uma vez que o tiroteio na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, terminou com o suicídio de um dos criminosos. Atos como esse têm se mantido frequentes durante os anos. Os motivos são diversos e, em boa parte dos casos, estão atrelados a quadros como a depressão, uso de drogas, abusos e bullying (leia mais na página 4).
Vale lembrar também que a Internet vem sendo palco para que grupos massifiquem a prática do suicídio, como pôde ser observado nos perfis das redes sociais dos atiradores de ontem, em Suzano. Segundo apontam pesquisas, muitas vezes o jovem fica na Internet sem a supervisão dos pais e acabam tendo acesso a qualquer tipo de conteúdo, o que também pode ser um agravante. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), o Brasil ainda apresenta taxas de suicídio relativamente baixas na comparação internacional. (N.T.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos