Cidades
Publicada em 11/02/2019 - 21h13min

"Palavra Amiga"

Campanha vai coletar cartas para vítimas de Brumadinho

Neste sábado, das 14 às 18 horas, o Museu Padre Eustáquio, em Poá, estará aberto com uma campanha de arrecadação de cartas para as crianças, vítimas da tragédia do rompimento da barragem de Brumadinho (MG)

Foto: Delcimar Ferreira

Atividade no Museu será sábado, das 14 às 18 horas
Neste sábado, das 14 às 18 horas, o Museu Padre Eustáquio, em Poá, estará aberto com uma campanha de arrecadação de cartas para as crianças, vítimas da tragédia do rompimento da barragem de Brumadinho (MG). A proposta, denominada "Palavra Amiga", será para motivar outras crianças a escrever mensagens de amor, carinho e se solidarizar com as famílias atingidas.
A campanha é direcionada, principalmente para as crianças e teve início nas redes sociais desde a semana passada. O objetivo é conseguir o maior número de cartas possíveis para serem enviadas, principalmente, para os pequenos, que são as vítimas mais vulneráveis desta tragédia.
Qualquer criança pode participar, independentemente da religião. Os pais podem procurar o Museu no dia 16, onde haverá voluntários tanto para receber as correspondências, quanto para escrever suas palavras de solidariedade. Pessoas não alfabetizadas também podem procurar o espaço. Os monitores vão atuar como "escritores", caso alguém tenha alguma dificuldade de passar para o papel a sua mensagem.
A ideia partiu do grupo Amigos do Museu Padre Eustáquio, responsável pela coordenação do local de responsabilidade da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes. Sensibilizado com o drama das famílias de Brumadinho, os voluntários sentiram que precisavam fazer algo. Como a arrecadação de mantimentos e itens de primeira necessidade foram doados por pessoas de todo o Brasil e, neste momento, a Defesa Civil de Minas Gerais informou que não são necessárias mais doações, o grupo se preocupou com o estado emocional, principalmente das crianças. "Além disso, temos certeza que, se Padre Eustáquio estivesse vivo, ele visitaria essas famílias para levar palavras de conforto e esperança, com bênçãos de saúde e paz. Portanto, é nossa missão também", afirmou o coordenador do Museu, Delcimar Ferreira.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos