Autonews
Publicada em 11/02/2019 - 23h24min

Bruto

Novo peso pesado é a aposta da Iveco para a agricultura

Batizado de Hi-Road, o caminhão será disponibilizado nas versões 4x2, 6x2 e 6x4 para o segmento da categoria

O mercado brasileiro de caminhões mantém o viés de alta. O segmento que mais se destaca é o de pesados, que atende setores como a agricultura, um dos pilares da economia do Brasil. É para esse mercado que a Iveco, marca da CNH Industrial, um dos principais grupos do setor de bens de capital do mundo, lança no Brasil o Hi-Road. "Esse caminhão é o modelo adequado para o atual momento econômico, que pede um produto com baixo custo de operação, conforto para o motorista e a robustez que o segmento exige", destacou Ricardo Barion, diretor de Marketing e Vendas da Iveco para a América Latina.
O lançamento do Hi-Road, que será disponibilizado nas versões 4X2, 6X2 e 6X4, tem como objetivo aumentar a participação da marca no segmento de entrada na categoria de pesados, proporcionando para o cliente o melhor Custo Operacional Total do mercado. "O caminhão foi projetado para estar disponível o maior tempo possível na operação do cliente. Isso se traduz em eficiência para a empresa", afirmou Barion.
O Hi-Road, ideal para operações de médias e longas distâncias, herdou as melhorias que a engenharia da Iveco promoveu recentemente na linha Hi-Way, que se destaca pelo baixo custo operacional, com uma nova turbina, nova calibração e aumento de torque no motor. Destaque também para o menor peso de tara do segmento, que contribui para a redução de custos com combustível. "O segmento de pesados no Brasil representa 37% do mercado total de caminhões. O Hi-Road promove flexibilidade nas aplicações com diversas opções de tração, além de potências variadas e dois entre-eixos", ressaltou Barion.
A cabine é totalmente nova e a mais leve do mercado, o que potencializa o uso do caminhão proporcionando aumento da capacidade de transporte e diminuição no consumo de diesel. Destaque para o teto alto de série, para-sol, defletor de ar lateral com maior aerodinâmica e defletor inferior. Se por fora o modelo chama atenção, a comodidade e a ergonomia interna são garantidas por itens de série, como trio elétrico (vidro e trava elétrica, além do retrovisor aquecido e elétrico), banco High Comfort, ar-condicionado e climatizador, rádio com CD, MP3 e entrada USB, volante com comandos integrados, box térmico e cabine com suspensão pneumática - com quatro bolsas.
Os motores que impulsionam o Hi-Road são o Cursor 9 e 13, da FPT Industrial, com seis cilindros em linha. O Cursor 9 tem potência de 360 cv (4X2), e o Cursor 13 tem duas faixas de potência, 400 cv (4X2 e 6X2) e 440 cv (4X2, 6X2 e 6X4), com torque máximo de 2.250 Nm. A transmissão é automatizada de 16 velocidades à frente duas marchas à ré, e o tanque de combustível tem capacidade, de série, para 900 litros. "Agora, temos um caminhão que faz parte de um 'novo momento' para a Iveco, fruto do investimento de US$ 120 milhões no desenvolvimento de novos produtos, até 2019, e o aprimoramento dos serviços de venda e pós-venda, com a abertura de concessionárias, para aumentar a capilaridade da Rede de forma estratégica e padronizar a qualidade dos serviços prestados aos consumidores", informou Barion.
  • Iveco garante que o interior do Hi-Road trará conforto para o usuário, além de baixa manutenção
  • O segmento de veículos pesados é ó que mais se destaca
  • Montadora internacional não esconde que pretende ampliar a participação no mercado com o novo modelo, considerado veículo de entrada da marca no Brasil
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos