Brasil e mundo
Publicada em 06/02/2019 - 23h24min

Estadão Conteúdo
Lava Jato

Lula é condenado por sítio em Atibaia

Para juíza Gabriela Hardt, a família do petista usufruiu do imóvel como se fosse dona do espaço, mas que não passa pela propriedade forma do espaço

Foto: Amanda Perobelli/Estadão Conteúdo

Lula acena para seus correligionários de uma janela na sede do sindicato, no ABC
Ao condenar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a 12 anos e 11 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, a juíza federal Gabriela Hardt afirmou que a família do petista "usufruiu do imóvel como se dona fosse". "Inclusive, em 2014, Fernando Bittar alegou que sua família já não o frequentava com assiduidade, sendo este usado mais pela família de Lula", anotou a juíza. A magistrada afirmou, no entanto, que a ação penal não "passa pela propriedade formal do sítio".
Em sentença, a juíza considerou que o valor de
R$ 1 milhão empregado por OAS, Schahin e Odebrecht, no Sítio Santa Bárbara, foram propinas em benefício do ex-presidente. "O registro da propriedade do imóvel em que realizadas tais reformas está em nome de Fernado Bittar, também réu nos presentes autos, pois a ele imputado auxílio na ocultação e dissimulação do verdadeiro beneficiário".
De acordo com Gabriela Hardt, "os proprietários dos dois imóveis são pessoas que possuem vínculo com a família do ex-presidente, vínculo esse afirmado por todos os envolvidos". "Ainda, as operações contaram com a participação do advogado Roberto Teixeira, pessoa também vinculada de forma próxima a Luiz Inácio Lula da Silva, sendo lavradas as duas escrituras pelo mesmo escrevente, em seu escritório."
A magistrada ainda levou em consideração a quebra de sigilo telefônico da OAS, que apontam para obras em suposto benefício do petista. "Da quebra de sigilo telemático constam ainda diversos emails trocados entre eles, claramente com o objetivo de intermediar as negociações feita pela OAS e o ex-presidente, até porque este último afirmou não usar email. Note-se que há inclusive emails que Fernando recebeu que tratam das reformas do apartamento triplex do Guarujá", anotou.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos