Esportes
Publicada em 05/12/2018 - 22h41min

Basquete

Após fase de treinos, Mogi retorna ao NBB

Partida será hoje contra o Joinville (SC), às 20h45, no ginásio Hugo Ramos; Fiba divulga grupos da Liga das Américas, com Mogi e San Lorenzo no "C"

Foto: Fiba

Equipe do Mogi das Cruzes/Helbor é a atual vice-campeã da Liga das Américas
Depois de praticamente duas semanas se dedicando apenas aos treinos, o Mogi das Cruzes/Helbor volta às quadras hoje contra o Joinville (SC), às 20h45, no ginásio Professor Hugo Ramos, em partida válida pela 11ª rodada do Novo Basquete Brasil (NBB) Caixa. No último jogo em casa, a equipe mogiana foi derrotada pelo líder do torneio, o Franca, por 95 a 89, por isso, uma vitória hoje é importante para o Mogi retomar a boa fase e encerrar o primeiro turno do nacional em boa colocação. Atualmente, ocupa a 5ª posição na tabela.
Depois do confronto contra o Joinville, que está em 8º lugar na classificação, o Mogi/Helbor vai enfrentar o Corinthians (10º), no sábado, às 14 horas, também no Hugo Ramos, com transmissão pela Band, e encerra o turno contra o Vasco da Gama (9º), no dia 14, no Rio de Janeiro.
Liga das Américas
A Federação Internacional de Basquete (Fiba) divulgou na terça-feira os grupos e as datas da Liga das Américas 2019. Os locais de disputa ainda não foram anunciados pela entidade.
Vice-campeão da competição, o Mogi/Helbor está no grupo C, que tem os argentinos San Lorenzo (ARG), vencedor da edição deste ano, e San Martin de Corrientes e o chileno Ánimas de Valdivia. A chave será disputada de 1º a 3 de fevereiro, em local a ser definido pela Fiba. O Paulistano está no grupo A com Antenas (ARG), Malvin (URU) e Titanes de Barranquilla (COL).
"Nós tivemos essa mesma situação na temporada passada, quando jogamos contra Paulistano, San Lorenzo e o time do Chile, que jogou muito bem, apesar de não ter um campeonato muito forte como o nosso, o da Argentina e o do Uruguai. Eles tiveram uma qualidade boa no torneio. Ganhamos até bem deles, mas o Paulistano só venceu nos últimos minutos", lembrou o técnico Jorge Guerra, o Guerrinha.
Para o treinador, a tendência na competição é que as duas vagas nesta fase fiquem entre Mogi e os clubes argentinos. "O local também é importante, porque se for na Argentina tira a força dos chilenos, mas aumenta a força dos argentinos. Tem muita coisa para ser definida ainda", avaliou.
O armador Arthur Pecos foi a novidade do treino de terça-feira no ginásio Hugo Ramos. O atleta se juntou ao grupo após disputar dois jogos das eliminatórias para a Copa do Mundo pela seleção brasileira, contra República Dominicana e Canadá. O Brasil venceu os dominicanos por 100 a 82 e perdeu para os canadenses por 94 a 67.
Para se classificar, o Brasil precisa de mais uma vitória. Em fevereiro, a seleção vai jogar fora contra as Ilhas Virgens (dia 21) e a República Dominicana (24).
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos