Polícia
Publicada em 28/11/2018 - 23h07min

Mogi

Suspeito de matar Rayane Paulino tem prisão preventiva decretada

A prisão preventiva de Michel Flor da Silva, de 28 anos, suspeito de matar a estudante Rayane Paulino Alves, de 16 anos, foi decretada anteontem e ele deve ser encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Mogi das Cruzes. O pedido foi feito pelo delegado do Setor de Homicídios de Mogi das Cruzes, Rubens José Angelo, à 2ª Vara Criminal da cidade. Silva é acusado de homicídio qualificado, feminicídio, estupro e ocultação de cadáver. 
A jovem desapareceu na noite do dia 20 de outubro depois de ir a uma festa em um sítio no bairro Botujuru e foi encontrada oito dias depois assassinada em Guararema. Silva, que era segurança na rodoviária de Guararema, teria abordado a jovem no local, oferecido carona até Mogi, mas no caminho a estuprou e matou. Um primeiro laudo confirmou que a causa da morte foi asfixia mecânica por estrangulamento. O suspeito foi preso temporariamente no dia 31 de outubro. (K.B.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos