Polícia
Publicada em 01/11/2018 - 23h22min

Suzano

Patrulha Maria da Penha está entre as melhores do Brasil

Projeto pioneiro do Alto Tietê é a única do Estado a ser premiada no combate à violência contra as mulheres

Foto: Daniel Carvalho/MOgi News

Patrulha de Suzano está entre as três melhores do país em meio a 50 projetos
A Patrulha Maria da Penha foi anunciada como um dos três melhores projetos do Brasil no enfrentamento à violência contra as mulheres. Desta forma, o órgão ligado à Guarda Civil Municipal (GCM) receberá o Selo Nacional de Prática Inovadora em dezembro, na capital paulista. A novidade foi compartilhada com a Prefeitura de Suzano anteontem pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, idealizador do reconhecimento.
Segundo o assessor estratégico da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, Jefferson Ferreira dos Santos, a Patrulha Maria da Penha, que é o principal trabalho da administração municipal no combate ao feminicídio, foi o único programa do Estado de São Paulo a ser premiado. "Também fomos os únicos do Brasil ligados a uma administração municipal a receber tal reconhecimento. É uma honra e isso demonstra a seriedade e a preocupação da gestão do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR) em melhorar a segurança e reforçar os mecanismos de enfrentamento à violência contra as mulheres", disse Santos.
Além do selo, o programa Patrulha Maria da Penha também deverá fazer parte da publicação impressa da revista do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que será lançada em 8 de março de 2019, e todo o projeto estará descrito na Casoteca digital (http://casoteca.forumseguranca.org.br/) já neste ano.
De acordo com o comandante da GCM, Sérgio de Assis Andrade, o processo para conquista do selo durou cerca de três meses. "Em agosto, inscrevemos o programa no Fórum Brasileiro, apresentando todo o trabalho e resultados. Na primeira quinzena de outubro, entre os mais de 50 projetos cadastrados do Brasil, Suzano seguiu para segunda fase", explicou.
Para a presidente do Fundo Social de Solidariedade e dirigente do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), a primeira-dama Larissa Ashiuchi, é uma honra Suzano ser reconhecida nacionalmente pelo empenho em combater a violência contra as mulheres e adiantou que o próximo passo será buscar parcerias com a Organização das Nações Unidades (ONU) Mulheres.
"Este selo é de grande valia para nossa cidade, uma vez que seremos reconhecidos em todo o País. Nosso objetivo é servir de exemplo para outras cidades para criação de um programa de enfrentamento à violência contra as mulheres, que é uma triste realidade e que precisa ser evidenciada e combatida. Vamos continuar atuando em Suzano em todas as plataformas em apoio às vítimas, na punição e ressocialização de agressores e pelo fim do feminicídio. Parabenizo a todos da GCM pelo empenho e juntos também buscaremos parcerias com a ONU Mulheres", enalteceu Larissa.
Trabalho continua
O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, parabenizou todos os envolvidos e reforçou que este tema continuará sendo tratado com seriedade e as atividades voltadas ao combate da violência às mulheres. "Esse reconhecimento oferece mais credibilidade e seriedade ao nosso trabalho, nos permitindo buscar mais parcerias e investimentos. Queremos ser referência e continuar levando a Patrulha Maria da Penha para todos os lugares de nosso Brasil", concluiu o chefe do Executivo. 
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos