Esportes
Publicada em 19/11/2018 - 21h42min

Estadão Conteúdo
na inglaterra

Brasil fecha contra Camarões série de amistosos de 2018

Apesar da sequência de cinco vitórias e nenhum gol sofrido, time ainda não encontrou o melhor futebol após Copa

Foto: Divulgação

Técnico Tite lamentou ausências de Coutinho e Paquetá na construção de jogadas
Em busca de um melhor futebol após a derrocada na Copa do Mundo da Rússia, a seleção brasileira se despede de 2018 contra Camarões, em amistoso hoje, às 17h30 (de Brasília), no MK Stadium, localizado na modesta Milton Keynes, cidade próxima à capital Londres.
Será a sexta vez em que as duas seleções se enfrentam. O Brasil saiu vencedor em quatro oportunidades, conquistou um empate e foi derrotado apenas uma vez. No último confronto, válido pela primeira fase da Copa no Brasil, em 2014, a equipe brasileira goleou os africanos por 4 a 1.
Será o quinto amistoso da seleção depois do Mundial da Rússia. De adversário relevante, os comandados de Tite enfrentaram apenas a Argentina e Uruguai, ambos derrotados por 1 a 0. Os demais oponentes foram os Estados Unidos (vitória por 2 a 0), El Salvador (5 a 0) e Arábia Saudita (2 a 0).
Tite não fugiu de seu estilo habitual e, apesar de não se tratar de um duelo de peso, não abriu a escalação. No entanto, adiantou algumas mudanças, como as entradas do goleiro Ederson, do zagueiro Pablo e do lateral-esquerdo Alex Sandro.
O grande ponto de interrogação mora no meio de campo. Allan, Walace, Paulinho, Arthur e Rafinha, além de Fabinho, lateral-direito que também atua no setor, são as opções do treinador, que lamentou as ausências de Coutinho e Paquetá e falou sobre as peças responsáveis pela construção das jogadas.
"Os números do jogo contra o Uruguai e nossa sequência mostram que dificuldade nossa? O processo de criação, que é o mais difícil", avaliou. "O desempenho dentro de jogo vai oscilar porque a base não está toda montada, algumas peças do meio têm feito falta a mais", emendou.
A grande estrela da seleção camaronense ficará à beira do gramado. Depois de uma carreira brilhante como jogador, e de comandar o Milan, da Itália, o Shenzhen, da China, e o Deportivo La Coruña, da Espanha, o holandês Clarence Seedorf, conhecido no Brasil intimamente pelo torcedor do Botafogo, onde atuou de 2012 a 2014, assumiu a seleção de Camarões.
Compartilhe

Video

Mais vistos