Cidades
Publicada em 07/11/2018 - 23h03min

Rinaldo Junior*
Ecopontos

Unidades de Mogi têm mais de 1,8 mil toneladas de entulho

Além dos três pontos, prefeitura quer implantar no próximo ano local para coleta no distrito de Cesar de Souza

Foto: Mogi News

Unidade do Parque Olímpico tem acumulado cerca de 260 toneladas de entulho
O secretário municipal do Verde e Meio Ambiente de Mogi das Cruzes, Daniel Teixeira de Lima, informou que os três ecopontos do município têm acumulado aproximadamente 1,8 mil toneladas de materiais coletados. Para este ano, o chefe da pasta comunicou que não estão previstas novas instalações, somente para 2019, no distrito de Cesar de Souza. Em outras cidades do Alto Tietê, como Suzano e Poá, as administrações municipais também estudam a implantação de novos equipamentos.
As três unidades de Mogi ficam localizadas no Parque Olímpico, no Jardim Armênia e em Jundiapeba. Os equipamentos recebem em média, por mês, cerca de 350 toneladas de materiais. Segundo o secretário, os materiais variam entre diversos tipos de entulho. "Os mais comuns entregues nos ecopontos são sobras de construção, madeiras, telhas, lâmpadas fluorescentes, eletrodomésticos e eletroeletrônicos", disse Lima.
Dentre os três ambientes, o de Jundiapeba foi o equipamento instalado mais recentemente, em agosto do ano passado. "O ecoponto de Jundiapeba registrou 1,2 mil toneladas de materiais este ano e é o que mais tem entulho. Já o do Parque Olímpico tem atualmente 260 toneladas acumuladas e o do Jardim Armênia, aproximadamente 400 toneladas", complementou o secretário.
Sobre novas instalações, Lima ressaltou que, para este ano, nenhuma medida está prevista. "O calendário de 2018 está acabando, portanto, prevemos que no próximo ano iremos instalar mais uma unidade no município, no distrito de Cesar de Souza", adiantou.
Na região
Em Suzano, a prefeitura divulgou que existem em funcionamento, em "fase piloto", os ecopontos no Parque Maria Helena, no Boa Vista, com recolhimento de pneus, e mais dois em fase de licenciamento e implantação. Queixas sobre descarte irregular de resíduos de construção civil ou de outra natureza podem ser feitas pelo telefone da Secretaria de Meio Ambiente, no 4745-2055. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.
Já em Poá, a administração municipal informou que está desenvolvendo estudos para implantação de ecopontos no município, afim de conscientizar a população no sentido de descartar seus resíduos em lugar apropriado e um projeto apresentado pelo Legislativo veio de encontro ao que já estava sendo desenvolvido.
Os equipamentos deverão ser implantados em 2019, porém, a administração não comunicou quais bairros receberão as unidades. "Estão sendo levantados os pontos exatos para a instalação, mas serão de três a quatro, nas extremidades do município. Quanto ao material, está em análise receber aqueles que a população mais descarta irregularmente na cidade", divulgou em nota.
* Texto supervisionado pelo editor.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos