Esportes
Publicada em 08/10/2018 - 23h04min

Tênis

Feijão e Gutierrez disputam torneio internacional em Mogi

Atletas de cinco países participam do Future no Clube de Campo, entre 13 e 21 de outubro; entrada será franca

Foto: João Pires/Fotojump

Feijão diz que está animado para jogar em Mogi, onde não atua há mais de 10 anos
Os brasileiros João Souza, o Feijão, e Oscar Gutierrez estão na disputa do Campeonato Internacional de Tênis, nas quadras de saibro do Clube de Campo de Mogi das Cruzes, de 13 a 21 de outubro. A competição integra o calendário ITF Future e distribui US$ 15 mil em prêmios. Além dos brasileiros, tenistas da Argentina, Chile, Suécia e Ucrânia disputam o evento, em busca de pontos no ranking mundial da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP). A entrada é gratuita.
Natural de Mogi das Cruzes, Feijão começou a jogar tênis no Clube de Campo. Um dos destaques da lista prévia, o paulista já foi o 79º do ranking mundial e defendeu o Brasil três vezes na Copa Davis. Além disso, possui nove títulos de ATP Challenger e seis troféus de ITF Future.
"Estou muito ansioso. Faz muitos tempo que não jogo em Mogi, acho que mais de 10 anos, então será muito especial. Minhas expectativas são ótimas. No momento, não venho ganhando tantos jogos, mas estou voltando a me encontrar e a jogar legal. Em Campinas, acho que fisicamente não aguentei. Mas estou trabalhando para melhorar meu físico. É sempre bom ter torneio no Brasil. Este ano não tivemos muitos, então será importante para somar pontos. Espero fazer um grande torneio", disse Feijão, que no ATP Challenger de Campinas passou o qualifying com três vitórias mas caiu na primeira rodada da chave principal, na semana passada.
Com o melhor ranking da carreira, na 387ª posição, Oscar Gutierrez encabeça a lista de inscritos. Nesta temporada o gaúcho venceu seu primeiro título de Future em Brasília, na segunda etapa do Circuito Internacional de Tênis, em mais um evento do Instituto Sports. Recordista brasileiro em Futures com 23 troféus, Daniel Dutra da Silva também é um destaque nacional do evento, além dos jovens tenistas Rafael Matos, de 22 anos, com três troféus de Futures, e João Lucas Reis, de 18 anos, que venceu seu primeiro título profissional nesta temporada.
A lista também traz nomes internacionais como Christian Lindell, da Suécia, com experiência em Copa Davis e dez títulos de Futures no currículo, o ucraniano Daniil Zarichanskyy e os argentinos Ignacio Monzon, Facundo Mena, Ignacio Carou, Federico Moreno e Francisco Cerundolo.
Completam a lista dos 18 tenistas inscritos para a chave principal - há duas vagas para special exempt - mais quatro jogadores com as definições dos wild cards (convites) e outros oito tenistas classificados por meio do qualifying. No total, a chave principal terá 32 jogadores e a do quali, 48.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos