Brasil e mundo
Publicada em 05/10/2018 - 00h04min

Estadão Conteúdo
palácio do Planalto

Pesquisa mantém Bolsonaro à frente

Em novo levantamento do Datafolha, candidato do PSL está com 35%, já o segundo colocado, Fernando Haddad, subiu para 22%; Ciro Gomes tem 11%

Foto: Eduardo Coutinho

Disputa para quem vai ocupar o Palácio do Planalto está se aproximando do fim
O candidato Jair Bolsonaro (PSL) cresceu de 32% para 35% das intenções de voto, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada ontem. Ele abriu 13 pontos de vantagem em relação ao segundo colocado, Fernando Haddad (PT). O candidato do PT oscilou de 21% para 22%. Ciro Gomes (PDT) manteve 11% e Geraldo Alckmin (PSDB) variou de 9% para 8%.
A candidata da Rede, Marina Silva, manteve 4%. João Amoêdo (Novo) permaneceu com 3%. Henrique Meirelles (MDB) e Alvaro Dias (Podemos) mantiveram 2% cada, mesmo índice da pesquisa divulgada na última terça-feira. Cabo Daciolo (Patriota) voltou a ter 1%. Outros candidatos não pontuaram. O contingente de votos em branco e nulos saiu de 8% para 6%, enquanto os que não souberam ou não responderam permaneceu em 5%.
Segundo turno
Bolsonaro manteve o índice de 44% das intenções de voto no segundo turno contra Haddad. O petista, por sua vez, oscilou de 42% para 43%. Depois de ficarem empatados no limite da margem de erro anteontem, Ciro Gomes voltou a abrir vantagem de seis pontos contra Bolsonaro. Neste cenário o pedetista oscilou de 46% para 48%, enquanto o capitão da reserva ficou com 42%.
Na simulação contra Geraldo Alckmin, o tucano manteve os 43% e o deputado federal foi de 41% para 42%. Votos brancos e nulos foram de 14% para 13% e os indecisos ficaram em 2%. O tucano voltou a ter empate técnico com Haddad, no limite da margem de erro. Alckmin foi de 43% a 42%, enquanto o petista oscilou de 36% para 38%.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos