Esportes
Publicada em 07/07/2018 - 00h07min

Começa dia 28 de julho

Mogi/Helbor inicia trabalhos para o Campeonato Paulista

Após derrota na final do último NBB para o Paulistano, equipe, com caras novas, já treina visando o Estadual

Foto: Antonio Penedo/Mogi/Helbor

Objetivo de Guerrinha neste início de temporada é ajustar os novos jogadores
O Mogi das Cruzes/Helbor fez seu primeiro treino no Ginásio Hugo Ramos na quinta-feira passada e, com as contratações de JP Batista, Arthur Pecos, Luis Gruber, João Pedro Demétrio, Gui Deodato e Enzo Cafferata, o elenco está fechado para o Campeonato Paulista, que começa em 28 de julho. Não participaram do treino o ala-pivô Gruber, que falta se apresentar, Shamell Stallworth, que segue fazendo um trabalho individualizado devido ao grande desgaste da última temporada, e Fabricio Russo, que está fazendo um fortalecimento muscular específico após ter feito cirurgia nos dois joelhos nas férias. Na segunda-feira será realizada a apresentação oficial do time à torcida, às 16 horas.
Enquanto isso, Jorge Guerra, o Guerrinha, técnico mais vitorioso da história do Novo Basquete Brasil (NBB) tenta deixar o elenco pronto para a temporada. "Quando se tem uma equipe que já trabalha junta há muito tempo, é bom porque já tem o entrosamento, mas tem os desgastes normais da temporada e acomodações. Quando a equipe é nova, se tem uma motivação maior, principalmente por parte dos novos jogadores, que querem mostrar serviço, mas ainda falta o entrosamento. Nesse período, estamos trabalhando a parte física e passando alguns conceitos de ataque, principalmente. Na próxima semana vamos entrar com os conceitos de defesa", explica o técnico Guerrinha.
O treinador salienta que ainda fará dois jogos-treinos, mas o Campeonato Paulista será uma preparação para a equipe disputar o NBB. "Se a equipe fosse a mesma, estaríamos prontos para o Paulista, mas não é o caso. Claro que podemos, sim, fazer um excelente campeonato, já que temos jogadores com potencial para isso. É tempo para trabalhar e todo mundo precisa estar a fim, tanto os jogadores recém-chegados, quanto os atletas que já estavam na equipe. É um novo trabalho e o momento está muito legal. Ainda falta ritmo, sincronismo, mas a vontade é grande de todos e, dentro do nosso orçamento, acho que montamos um time bem diversificado, competitivo e com futuro promissor. Estou muito feliz com a nova equipe. É um novo ciclo e um novo trabalho. Tenho certeza de que, em médio prazo, teremos ótimos resultados."
Recém-chegado, JP Batista diz que teve ótimas impressões do grupo. "As nossas expectativas são super positivas. Eu já tive a oportunidade de trabalhar com o Guerrinha na seleção como assistente e já tinha um pouco de conhecimento de como ele trabalha. Hoje foi o nosso primeiro treino, então ainda estou conhecendo o estilo dele. Mas eu sou um jogador que me adapto muito fácil e estou com a cabeça completamente aberta. Tenho confiança de que com a liderança dele teremos um ano bem positivo."
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos