Esportes
Publicada em 07/07/2018 - 00h09min

Aos desavisados

Inglaterra e Suécia lutam por vaga

Após a vitória nos pênaltis sobre a Colômbia, o técnico Gareth Southgate foi procurar jogadores colombianos para consolá-los. Abraçou Falcao Garcia, Ospina e Uribe. Por causa desse gesto, o treinador causou uma comoção na Inglaterra e entra mais forte e respeitado para a decisão de hoje contra a Suécia, pelas quartas de final, na Arena Samara, em Samara, às 11 horas (de Brasília). 
O grande aliado do treinador é o atacante Harry Kane, artilheiro da Copa do Mundo com seis gols e candidato a destaque do Mundial. 
Suécia
Embora reconheça certo favoritismo inglês, o técnico Janne Andersson mostrou confiança na Suécia. Para o treinador, não há problema se consideram a equipe sueca defensiva e previsível. "Nós dizemos que nosso time é fácil de analisar, mas difícil de vencer", afirmou em entrevista coletiva de imprensa, em Samara. 
"Essa é uma boa definição. Agora levam a Suécia a sério. Os jogadores são muito leais ao nosso sistema e me deixam orgulhoso", afirmou o treinador, que recolocou os suecos nas quartas de final de uma Copa do Mundo pela primeira vez desde 1994. (E.C.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos