Capa | Matéria
Publicada em 23/06/2018 - 22h49min

Sueller Costa
Capa

Copa do Mundo amplia repertório cultural dos alunos

MONTAR UM QUADRINHO DESTAQUE NO CANTO DE BAIXO DA PÁGINA, É UM AVISO

Ainda no clima da Copa do Mundo, o Diarinho destaca nesta edição um novo projeto educativo inspirado no evento mundial. Vocês vão conhecer a ação preparada pelos educadores e alunos da Escola Municipal (EM) Professor Dermeval Arouca, localizada no Jardim Ivete, em Mogi das Cruzes. A unidade, que atua com turmas do 2º ao 5º ano, envolvendo crianças de 7 a 10 anos, trabalhou com a cultura dos países envolvidos na competição. Cada sala se responsabilizou por uma nação, e coube a eles estudar a sua história, cultura, tradições e curiosidades. O resultado de todo este envolvimento foi conferido numa Festa Cultural, realizada neste mês, quando os pais, amigos e toda a comunidade pôde prestigiar.

Cultura
A equipe escolar trabalhou com oito das 32 seleções que participam da Copa do Mundo na Rússia. E, entre alunos e professores, foram escolhidos os países Brasil, Alemanha, Colômbia, Costa Rica, Espanha, Japão, Sérvia e Portugal. Cada grupo se responsabilizo para pesquisar, elaborar e apresentar a história, tradições, costumes, gastronomia, idiomas, símbolos oficiais e curiosidadesd das nações.
Para promover a interação entre as salas, cada seleção foi estudada por duas turmas, e foi necessário adequar as nações para que o estudo pudesse se estender a todos os alunos. Este foi o caso da Espanha, que foi pesquisado pelo 3°C, 4°C e 4°B. O Japão, por sua vez, recebeu a atenção especial das meninas dos 2° anos A, C e D, que destacaram os costumes do país oriental.
Questões culturais, sociais, políticas e econômicas foram abordadas. E, entre os diversos tópicos elencados, todos conheceram melhor as nações escolhidas. Aprenderam, por exemplo, as letras que compõem o alfabeto do idioma local, os números decimais na língua oficial desses povos, a diversidade na culinária, nos costumes, na cultura. Segundo a diretora da unidade, Patrícia Helen Santos, o trabalho serviu como uma forma de agregar conhecimento, algo que as crianças dessa idade necessitam. “Intensificar o aprendizado das crianças, de forma contextualizada com um evento que está envolvendo a sociedade como um todo é uma forma de estimular o conhecimento, para que ele seja valioso, prazeroso e significativo”, destaca a gestora.

Interdisciplinaridade
As atividades começaram em março e foram finalizadas com a Festa Cultural. Ao todo, participaram 17 salas, sendo 15 turmas de 2° ao 5° ano e duas de inclusão – aquelas que trabalham com crianças que possuem Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), Transtorno Opositivo-Desafiador (TOD), dentre outros casos que contam com uma maior atenção. As propostas dos professores envolveram todas as disciplinas ensinadas em sala de aula, como Língua Portuguesa, Matemática, Ciências Naturais e Sociais, Educação Física e Artes. E, por meio desta interdisciplinaridade, a temática da Copa pôde colaborar para promover aulas diferenciadas e ampliar o repertório cultural dos estudantes.

Festa Cultural

A Festa Cultural finalizou os trabalhos produzidos pelas 17 turmas envolvidas. Por meio do evento, todos puderam conferir, na prática, o que foi aprendido a respeito dos países escolhidos ao longo dos últimos três meses, uma oportunidade para interagir a comunidade local e enriquecer a sua cultura. Houve exposições, troca de informações sobre as nações e compartilhamento de curiosidades. No entanto, o destaque foram as apresentações de danças tradicionais de cada país. Devidamente à carater com figurinos respresentativos de suas nações, eles dançaram e fizeram entrar no clima da diversidade cultural. No caso do Brasil, o grupo responsável dançou e cantou a música “Aquarela do Brasil”, sucesso do músico Toquinho. Já a Espanha foi lembrada pela dança flamenca; os garotos de toureiros e as meninas com leques protagonizaram um espetáculo com a música originária da cultura cigana. Por sua vez, o grupo de meninas que estudaram o Japão, com os seus kimonos, interpretaram a dança da Colheita de Arroz, uma tradição milenar dos nipônicos. Em homenagem à Colômbia, os estudantes dançaram a música “Waka Waka (This Time for Africa)”, interpretada pela cantora colombiana Shakira, que foi tema do Mundial de 2010. Portugal, Sérvia, Costa Rica e Alemanha também foram devidamente representadas.



  • Copa do Mundo amplia repertório cultural dos alunos
  • Copa do Mundo amplia repertório cultural dos alunos
  • Copa do Mundo amplia repertório cultural dos alunos
  • Alunos da EM Professor Dermeval Arouca, de Mogi das Cruzes
  • Copa do Mundo amplia repertório cultural dos alunos
  • Copa do Mundo amplia repertório cultural dos alunos

Férias

Informamos aos nossos leitores mirins que o Diarinho entra em recesso a partir da próxima semana. Voltaremos em agosto. Até lá! Boas férias!
 
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos