Polícia
Publicada em 12/05/2018 - 00h07min

Claudia Irente
Ferraz

Filho 'guardava' corpo da mãe em casa

A Polícia Militar de Ferraz de Vasconcelos encontrou na tarde de anteontem os restos mortais de uma mulher idosa, de 76 anos, dentro de uma casa localizada no bairro Vila Jamil

Foto: Mogi News

O rapaz foi preso e responderá por ocultação de cadáver e maus tratos a idosos
A Polícia Militar de Ferraz de Vasconcelos encontrou na tarde de anteontem os restos mortais de uma mulher idosa, de 76 anos, dentro de uma casa localizada no bairro Vila Jamil. De acordo com informações dos PMs que participaram da ação, o filho da mulher, de 46, morava no imóvel onde estava os restos mortais da mãe. O homem foi preso e deverá responder pelos crimes de ocultação de cadáver e maus tratos à pessoa idosa. Ainda não existe a confirmação sobre a causa da morte da vítima. O caso foi registrado na Delegacia Central
Segundo o comando do 32º Batalhão, os soldados Franco e Faria foram acionados para atender um caso em que uma pessoa informava o desaparecimento, há mais de 15 dias, de uma idosa. Segundo a denúncia, o filho da mulher não informava o paradeiro dela e não deixava ninguém entrar na residência. 
Em deslocamento até o endereço, os PMs chamaram pelos moradores no imóvel, porém, ninguém os atendeu. Cientes de que o filho da mulher desaparecida estaria nas proximidades, os policiais conseguiram localizá-lo em um bar. Questionado sobre a mãe dele, o homem respondeu que ela estava bem e em casa. A polícia solicitou então a entrada na residência e ele permitiu. Já dentro da casa, os soldados constataram o estado de abandono do local, com sujeira e forte odor de restos de comida e fezes de animais.
Ao ser perguntado onde estava a mãe, o homem aparentou nervosismo e acabou confessando que ela estaria morta em um dos cômodos. A PM achou os restos mortais da idosa já em avançado estado de decomposição.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos