Tribuna
Publicada em 05/05/2018 - 20h55min

Claudia Irente

Tribuna

Solidariedade
O Timão faz hoje um alerta sobre a crise humanitária na Síria e a situação dos refugiados no Brasil, levando à Arena Corinthians crianças refugiadas de nove nacionalidades para assistir ao jogo contra o Ceará, às 11 horas, em parceria com a Agência da ONU para Refugiados (Acnur), o Lar Sírio, Cáritas, ADVB e a Cury Construtora.
Comovente
A ação faz parte de uma iniciativa que irá levar 18 crianças sírias e outras 26 crianças de outras nacionalidades, em situação de refúgio no Brasil, que entrarão com a camiseta "Time dos Povos" em campo. O objetivo é sensibilizar a sociedade sobre a dramática crise humanitária na Síria. 
Crianças
Devido à gravidade da situação na Síria, nesse ano o clube corinthiano irá homenagear as maiores vítimas da crise humanitária no Oriente Médio. De acordo com a Acnur, mais da metade dos 22,5 milhões de refugiados em todo o mundo são crianças. 
MPF
O Ministério Público Federal ajuizou ação civil pública contra a União e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), para que seja assegurado o benefício denominado "bilhete do idoso" em todas as linhas de ônibus interestaduais.
Conselho Tutelar
A vereadora Patrícia Simão (PRB) oficiou na sessão da última terça-feira, em Santa Isabel, um requerimento ao Conselho Tutelar Municipal, para que este informe se houve diligência em uma festa na madrugada do dia 22 de abril, onde, segundo a parlamentar, menores faziam uso de bebida alcoólica e estariam desacompanhados dos responsáveis.
Fiscalização
Na tribuna da Câmara, a vereadora destacou que seu pedido é unicamente fiscalizatório. "Sou mãe e vereadora e me preocupo com o futuro dos nossos jovens. Com a ajuda da assessoria jurídica desta Casa, apresentarei um projeto de lei que auxiliará o Conselho Tutelar e a Prefeitura a terem uma fiscalização mais efetiva em festas como essa", disse.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos