Esportes
Publicada em 03/05/2018 - 23h19min

fora de casa

Mogi encara o Flamengo no jogo 2 da semifinal do NBB

Após vitória convincente na primeira partida, em Mogi, equipe tenta hoje abrir 2 a 0 e encaminhar vaga à final

Foto: Akcel de Godoy/Divulgação

Elenco do Mogi/Helbor fez ontem o reconhecimento da quadra na Arena Carioca 1 e revisou os últimos detalhes
O segundo capítulo da semifinal entre Mogi das Cruzes/Helbor e Flamengo pelo Novo Basquete Brasil (NBB) será escrito hoje, às 20 horas, na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro. Os mogianos abriram 1 a 0 na série jogando no Ginásio Hugo Ramos, no sábado passad. A partida será transmitida ao vivo pelo SporTV. Na segunda-feira, também às 20 horas, as duas equipes voltam à mesma quadra para o jogo 3.
O grupo chegou ao Rio de Janeiro ontem e realizou um treino leve na Arena Carioca 1 no início da noite para o duelo contra o Flamengo. "Eles devem começar mais forte, porque estarão jogando em casa e devem acelerar o começo do jogo. Precisamos ir focados para o jogo 2, mudamos algumas coisas nos treinos e agora é ir mais fortes ainda. O nosso time tem de manter a intensidade e o espírito que teve no último jogo, independentemente se jogamos dentro ou fora de casa. Lógico que em casa a gente tem mais volume e o calor da torcida, mas o nosso time já jogou muitos jogos fora e surpreendeu muita gente. Na Liga das Américas todos os jogos foram fora, tivemos jogos duros e isso nos preparou para este momento do campeonato", adverte o ala Jimmy Dreher, um dos destaques do primeiro duelo entre as equipes.
O técnico Jorge Guerra, o Guerrinha, pediu foco, intensidade e inteligência nas tomadas de decisões para a equipe diminuir os erros e conquistar mais uma vitória na série. "Eles (Flamengo) têm a necessidade da vitória. Independentemente da nossa postura, eles terão de ter uma reposta mais forte e ao contrário também vale. Cada jogo é um remédio, por isso a gente tem de estar focado. Por enquanto só tem um jogo. Ainda tem mais quatro sendo disputados, três com mando deles e um nosso. Eles precisam de três vitórias e nós precisamos de duas. Essa é a conta que a gente tem de fazer sempre para o segundo jogo", ressalta o treinador.
O vencedor desta semifinal enfrentará o ganhador do confronto entre Paulistano e Bauru na grande final da competição. O time da capital vai vencendo a série por 1 a 0.
Recorde
Com 202 vitórias em sua longa e vitoriosa carreira como treinador em edições de NBBs, Guerrinha pode se igualar hoje, caso o Mogi/Helbor vença, ao técnico do Flamengo, José Neto, que tem 203 vitórias como treinador na competição, e é detentor absoluto desse recorde.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos