Tribuna
Publicada em 19/04/2018 - 13h24min

Claudia Irente

Tribuna

Emprego e Desemprego
Estudo realizado pela Fundação Seade, a partir das informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de São Paulo – RMSP, mostra que em 2017 as mulheres representavam pouco menos da metade (46,2%) do total de ocupados, enquanto perfaziam quase a totalidade no trabalho doméstico (96,2%).
Ocupações
Na pesquisa do Seade constatou-se que as mulheres realizam, principalmente, atividades de serviços gerais, contratadas com ou sem carteira de trabalho assinada ou trabalhando como diaristas. Ocupações como babá e cuidadora de idosos, que demandam alguma especialização e maior nível de escolaridade e de remuneração ainda constituem uma pequena parcela do segmento, algo em torno de 5%.
Conclusão

De acordo com o estudo, em 2017, a diminuição de 6,7% no número de empregadas domésticas refletiu os decréscimos para as mensalistas sem carteira de trabalho assinada (-10,4%), as diaristas (-9,9%) e, com menor intensidade, as mensalistas com carteira assinada (-1,7%). A redução no emprego doméstico parece ter ocorrido muito mais pela saída para o desemprego (ou para a inatividade) do que pela migração para outras ocupações.
6° Prêmio EDP nas Artes
Nesta semana, a EDP, com o apoio do Instituto EDP, e o Instituto Tomie Ohtake, lançaram o edital do 6° Prêmio EDP nas Artes. Idealizado para estimular a produção artística contemporânea, o concurso é voltado a jovens artistas de todo o Brasil, nascidos ou residentes no País há pelo menos dois anos, com idade entre 18 e 29 anos. 
Inscrições
Os interessados no 6° Prêmio EDP nas Artes podem se inscrever até 8 de junho, com o envio de um portfólio com propostas de obras por meio do http://premioedpnasartes.institutotomieohtake.org.br/. A página disponibiliza ainda uma publicação, com sugestões sobre organização e apresentação de trabalhos de arte. 
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos